A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Guia da Cueca: tecidos e cores que combinam com você (para nunca mais errar)

Você é prático quanto às suas cuecas? Você é detalhista? Não importa, esse texto vai ajudar

Muitos de nós sentimos falta da infância: tempo de doces e travessuras, sonhos e brincadeiras, facilidades e conveniências do dia a dia sempre à mão. Nessa época a vida parecia muito mais fácil, afinal de contas, tínhamos alguém que sempre cuidava de nós. Você provavelmente não se lembra de um dia ter que comprar cuecas nessa fase, certo? Misteriosamente elas apareciam na sua gaveta e você, sem se questionar, pegava a primeira e saía usando.

Para muitos pode ter sido um choque a primeira vez que teve que comprar as próprias roupas. Adultos, conhecemos as chateações da vida e precisamos assumir certas responsabilidades, mas a parte boa é que também ganhamos mais autonomia para decidir quem nós somos, o que queremos fazer e, claro, qual o nosso estilo.

Fato é que comprar as próprias cuecas é parte da vida de um homem adulto e mesmo que você não seja lá um fashionista, saber quais tecidos e cores mais combinam com você também não vai atrapalhar. Hoje, a tecnologia têxtil permitiu que o mercado nos ofereça tantas opções que, sem o vendedor certo, escolher cuecas pode se transformar numa missão ingrata. Portanto, seja você um sujeito prático ou um sujeito detalhista, esse artigo vai ser útil.

A proposta é reunir o mais importante desse universo para dar uma mãozinha na hora da compra. Mas como minha experiência no assunto não é lá muito vasta, conversei com a especialista em processos e produtos têxteis Tais Remunhão, que nos deu uma bela ajuda e várias dicas. Vocês, homens da casa, sintam-se convidadíssimos a puxar a cadeira e estender esse papo nos comentários. Combinado?

Tecidos

Já sabemos que cueca é questão de hábito. Escolhe-se um modelo e com ele segue-se até o fim dos dias. Mas tenho certeza que você já percebeu como uma cueca pode ser diferente da outra, ainda que o modelo seja o mesmo. Umas são mais macias, outras mais justas e resistentes. Umas mais maleáveis, mais ou menos sedosas.

O tecido de um mesmo modelo de cueca pode variar bastante, e o que já não estou tão certa que seja de conhecimento geral é que diferentes tipos de tecido podem favorecer diferentes atividades ou proporcionar diferentes padrões de conforto.

Tais explica que os tecidos mais utilizados para a confecção da peça são as malhas produzidas com fibras de algodão, algodão com elastano e microfibra. As peças podem ser costuradas ou ter a tecnologia sem costura (seamless).

Algodão

Tradicionalíssimo e universal: bem fáceis de encontrar , as peças com esta fibra costumam ser mais baratas que outras opções mais tecnológicas. A vantagem do algodão é que ele não costuma provocar alergias e permite que suas partes respirem, o que favorece a saúde da região. Por isso e também por ser bem soltinho e maleável, costuma ser bastante confortável pras atividades comuns do dia-a-dia.

Como o algodão absorve a umidade e não tem secagem rápida, já não é uma boa caso você vá fazer atividades físicas intensas ou tenha sudorese

Algodão com elastano

Uma boa opção é combinar o algodão com o elastano. Assim, você preserva todas as características do algodão puro, mas adiciona elasticidade à sua cueca. Para modelos boxer – mais ajustados ao corpo, pode ser uma vantagem. Fica tudo mais ajeitadinho.

Microfibra

Possui certa elasticidade, e o toque é bem suave, às vezes até sedoso – depende da fibra manufaturada que compuser a cueca escolhida. Se você for botar pra correr mesmo, escalar uma montanha, correr uma maratona ou mesmo pegar firme na academia no fim do dia, será sua melhor opção.

Sem costura vs Com costura

Você pode escolher se vai querer usar uma cueca com ou sem costura. Essa última pode ser mais cara, mas têm a vantagem de ser bastante confortável uma vez que reduz drasticamente as costuras, principalmente nas laterais, além de não marcar na roupa. Não adianta nada investir uma grana para comprar um terno se todo mundo vai ver a marca da cueca.

Cores

Você já tem seu modelo preferido e alguma variação de tecidos em mente pra todas as situações. Agora a pergunta é: que cor de cueca faz o seu estilo?

A escolha é muito pessoal – é preciso construir a sua própria imagem. Mas se a proposta é dar umas dicas, vale explorarmos as diferentes cores de pele desse Brasilzão e que contrastes mais favorecem nossas vistas, não é? Fica aqui a nossa ressalva de que todas as exceções que te façam feliz serão válidas.

Branco, preto e cinza

Não é a toa que essas cores são as preferidas da galera. Elas costumam cair bem em todos os tipos de pele. Podem ser ditas cores neutras, e é por isso que por hábito nos direcionamos a elas tão recorrentemente. Na dúvida do primeiro encontro, na dificuldade da combinação ou simplesmente na falta de criatividade, vá de pretinho (ou branquinho) básico.

É fato, porém, que um belo contraste só favorece – viva os opostos! Quanto mais branco você for, mais o preto te cairá bem. E quanto mais escura for sua pela, melhor ficarão as brancas.

Bege

Parece que a sabedoria popular sempre tem um fundinho de razão, né? É pela questão do contraste que o bege, tão polêmico para roupas íntimas, não é a versão mais indicada pra ninguém. Bege é aquela cor que não quer ser vista, que se camufla onde habita e pode dar uma sensação bem estranha para quem olha.

Azul, verde e vermelho

São coloridos clássicos que combinam com diferentes tipos de peles e também com loiros e morenos. Normalmente essas cores têm variações de tons mais abertos a mais fechados - o vermelhão Ferrari é um bom exemplo de tom aberto, e um vermelho mais puxado pro vinho é um possível exemplo de tom fechado. A recomendação aqui é partir pra tons mais fechados, que costumam ficar mais elegantes e não são tão chamativos - não vão assustar ninguém na penumbra sensual.

Vou abrir uma exceção aqui para peles negras escuras, que por ter tonalidade forte por si só podem ser bastante valorizadas por cuecas coloridas de tonalidades mais abertas. Lembrem-se da regra dos contrastes.

Amarelo e Marrom

Cuecas amarelas caem melhor em pessoas de cabelo escuro e de pele mais morena. Pessoas com tonalidades de pele amareladas, claro, devem ser mais cautelosos para que uma cueca amarela não cause o mesmo efeito citado no bege, ou seja, desapareçam.

Já os loiros costumam ficar mais bonitos de marrom: uma cor que não cai tão bem assim pra qualquer um, mas que é favorecida pelo contraste com os pelos claros.

Estampadas

Se você for um homem que curte estampas, é bem provável que ache por aí samba-canções bem bonitas com estampas clássicas como risca de giz, xadrez e bolinhas. Tradicionalíssimas.

Evite estampas de desenhos ou muito temáticas. Elas podem dar uma conotação infantil pra você na hora que for mostrada para alguém intencionalmente ou não (acidentes acontecem!).

***

De boxer ou samba-canção, 100% algodão ou microdibra, pretinho básico ou azul royal, a gente quer mesmo é que você seja feliz. Ande por aí confortavelmente protegido, que tenha todas as partes do seu corpo respirando livremente e faça seu próprio estilo com alguma finesse.

E aí? Já tem sua favorita?

Mecenas: Zorba

Zorba, uma das marcas líderes do mercado de underwear masculino no Brasil, acredita que confiança nasce do conforto. A nova campanha “pelo fim da ajeitadinha”, resgata o conforto como um direito de todo homem, provando que quem veste Zorba não faz a infame “ajeitadinha”.

Para protagonizar a campanha, a Zorba trouxe de volta um verdadeiro ícone da propaganda, o Passarinho da Zorba, que retorna em versão atualizada, pronto para conquistar uma nova geração de fãs.


publicado em 22 de Janeiro de 2018, 00:05
10710799 10152759290008996 1807417555040828999 n

Marcela Campos

Tão encantada com as possibilidades da vida que tem um pézinho aqui e outro acolá – estuda Jornalismo na Universidade de São Paulo, mas também cursa Saúde Reprodutiva Holística no Justisse College. Compõe a equipe de conteúdo do PapodeHomem, modera uma comunidade de quase dez mil mulheres e não tem preguiça de bater um papo bom.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura