Guia definitivo para tomar Whey Protein

O que é, quais os benefícios, como tomar e porque tomar whey protein e todos os tipos de whey, tudo explicadinho

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x50 jpg

Se existe um suplemento que pode ser considerado essencial para qualquer pessoa que busca ganhar massa muscular, perder peso ou melhorar o desempenho físico é o popular Whey Protein.

Um dos maiores desafios para quem busca uma alimentação voltada para desenvolvimento do corpo é suprir as necessidades diárias de proteína e aminoácidos. Mesmo sendo nutrientes que podem ser consumidos nos alimentos, o grande desafio está em conseguir uma quantidade razoável de proteína, controlando ao mesmo tempo a ingestão de gordura e carboidrato e açúcar.

A proteína do Whey é extraída do soro do leite e traz um altíssimo alto valor biológico, normalmente sendo misturada com aminoácidos como leucina, isoleucina, valina, glutamina e arginina.

Quais são os benefícios do whey?

Para quem pratica atividades físicas, é importante saber que proteínas são responsáveis pela reconstrução dos músculos, tecidos do corpo e que seu consumo é vital para que exista um crescimento muscular saudável.

O Whey Protein se destaca pela combinação de aminoácidos fundamentais para melhora da atividade corporal, otimizando o funcionamento das células e a capacidade hormonal do organismo, proporcionando um aumento da estrutura muscular.

O consumo da proteína do soro do leite também causa um efeito antioxidante, auxiliando na manutenção do sistema imunológico e na recuperação muscular causada pelos treinos.

O que são todos os tipos de whey?

Uma das maiores dificuldades para quem está começando a suplementar é decidir qual tipo de Whey Protein escolher. Existe uma série de variações do produto no mercado e algumas possuem objetivos um pouco distintos.

Concentrado: Por ser um produto com maiores índices de gordura e carboidrato, o Whey Protein concentrado costuma ser usado por pessoas que estão buscando ganho de massa muscular e não possuem muitas restrições alimentares.

Pelo processo de produção simplificado, o whey concentrado costuma ser uma boa escolha para quem também está buscando uma opção mais em conta.

Isolado: Ao isolar o Whey Protein, os laboratórios alcançam um produto ainda mais puro, proporcionando uma grande quantidade de proteína com bem pouca gordura e carboidratos.

O whey isolado também possui bem pouca - até 1% - lactose, sendo uma opção interessante quem sofre de intolerância.

Hidrolisado:  A proteína hidrolisada é resultado de um rigoroso processo de produção, reduzindo as partículas em uma espécie de pré-digestão, aumentando a facilidade e velocidade de absorção dos nutrientes.

Devido ao processo de hidrólise o produto se torna perfeito para quem sofre de intolerância à lactose, mas também faz com que o produto tenha um valor maior que as outras opções.

Blends (3W, 4W, 4HD etc.): Os famosos blends de proteína são suplementos que trazem uma mistura de tipos diferentes de proteína, o que normalmente reduz o tempo de absorção em relação ao Whey isolado, por exemplo.

O maior benefício dos blends é que pela redução na velocidade de absorção os aminoácidos permanecem disponíveis para o corpo por mais tempo, removendo a necessidade de uma alimentação imediatamente após o treino e aumentando a saciedade na ingestão do produto.

Mas eu misturo com água ou leite?

Outra grande dúvida quando começamos a usar Whey Protein é como preparar o suplemento. A maior parte das marcas vai explicitar que o produto pode ser misturado com leite ou água, mas existe uma pequena diferença entre as duas formas.

Misturar com o leite traz alguns problemas, o que faz a maioria das pessoas optar pelo uso de água. O tempo de absorção do leite é maior do que do próprio whey, o que acaba eliminando uma das grandes vantagens da suplementação, sua velocidade de absorção.

Outro problema é a redução do controle sobre o que está sendo ingerido. Ao optar pelo uso do whey com o leite, precisamos lembrar que a tabela nutricional dos produto se mistura aos nutrientes do leite, aumentando a quantidade de calorias, gordura e carboidrato.

Quando tomar?

Como um suplemento de proteína, o whey pode ser tomado em qualquer horário – ou de acordo com as instruções do nutricionista – para complementar as quantidades diárias de proteína.

O comum é consumir o suplemento no pré-treino – entre 30 minutos e uma hora antes do começo do treino – sendo uma opção para não se exercitar em jejum e absorver os benefícios da proteína, vitaminas e aminoácidos. Também é indicado o consumo pós-treino, combinado a uma fonte extra de carboidrato para aumentar o processo anabólico.

No entanto, o suplemento pode ser tomado em vários momentos do dia como, por exemplo, entre refeições para evitar o jejum ou até mesmo para compensar um lanche quando o dia está mais corrido.

Escolhendo uma boa marca

Agora que você já sabe tudo sobre Whey Protein, chegou o momento de decidir qual marca comprar. Nessa hora, precisamos pensar com um pouco mais de clareza e considerar alguns pontos importantes. O processo de produção do Whey Protein é bastante minucioso e muito caro, envolvendo centenas de litros d'água para cada quilo do produto.

É muito frequente para iniciantes achar que as marcas são todas iguais, optando por uma um produto muito barato ou de procedência desconhecida. Preço alto não é garantia de qualidade, mas um preço muito baixo certamente é motivo de desconfiança.

Testes laboratoriais têm demonstrado que grande parte das marcas muito baratas não entregam as quantidades de proteína prometidas no rótulo, além de trazer concentrações de carboidratos muito acima dos desejáveis.

Uma boa base alimentar é de extrema importância para qualquer pessoa que busca mudanças, sendo o pilar mais importante – mesmo que ainda o mais esquecido – para qualquer resultado consistente. É assim que vejo o uso do whey, um suplemento que me ajuda a manter a dieta nos eixos.

Gosto de usar o whey como um coringa, uma rica fonte de proteína de fácil preparo e simples de ter sempre comigo. É comum usar a falta de opções como desculpa para comer alguma besteira na rua, sendo para mim um dos melhores momentos para fazer uso do whey.

Escolher uma marca também é um processo de descoberta pessoal, variando muito dos sabores preferidos, do preço e até mesmo de como pretende tomar o produto. Ao longo dos últimos 15 anos passei pelas maiores marcas disponíveis no mercado, mas pela forma que uso e o custo benefício oferecido, sempre acabo voltando para o Gold Standard da Optimum Nutrition; os sabores são bons, pouco enjoativos e traz uma boa textura.

Mecenas: Fitness Shop

A Black Friday começou antes na Fitness Shop.  Aproveite para comprar Whey Protein e Kits completos mas melhores condições na Fitness Shop usando o cupom "PDH20" que da até 20% de desconto em todo site.

Aqui vão algumas promoções e indicações para os leitores do Papo de Homem:

Whey Gold Standard da Optimum Nutrition

Uma das marcas mais famosas e confiáveis do mercado e o mesmo que o Brandão indicou ai no post. Não tem erro, pode comprar. de R$ 199,00 por R$ 159,20 (usando o cupom PdH20)

Ou no combo com Amino X e um Multivitaminas ele sai de R$ 399,90 por R$ 319,92

IsolateMonster 900g- Whey Protein Isolado - 3VS

A 3VS foi adquirida pela Abe America, a importadora do Syntha 6, Amino X e 4 Plus. Teve seus padrões elevados e sua linha aprovada nos laudos de perícia. Excelente custo-benefício e marca de confiança.

Por 146,50

Ou no combo com creatina BCAA e Colágeno ele sai de R$ 176  por R$ 140,80 (usando o cupom PdH20)

Mass Titanium 3KG - Max Titanium

Para quem tem metabolismo acelerado e quer ganhar peso, as massas hipercalóricas são a grande pedida, compostas por uma mistura de Whey Protein Concentrado, Colágeno e Albumina, elas são ideais para quem precisa ingerir altas quantidades de calorias sem precisar comer porcaria.  Max Titanium é possivelmente a melhor marca nacional.

de R$ 59,90 por R$ 47,92 (usando o cupom PdH20)

Ou no combo com creatina e BCAA sai por R$ 99,90 na promo do Black Friday.


publicado em 23 de Novembro de 2017, 00:00
12596172 10153389055960906 1551523976 n

Alberto Brandão

É analista de sistemas, estudante de física e escritor colunista do Papo de Homem. Escreve sobre tudo o que acha interessante no Mnenyie, e também produz uma newsletter semanal, a Caos (Con)textual, com textos exclusivos e curadoria de conteúdo. Ficaria honrado em ser seu amigo no Facebook e conversar com você por email.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: