Guy Kawasaki veio ao Brasil para palestra fechada. PdH estava lá.

Guy Kawasaki esteve aqui nesta quarta-feira como palestrante convidado da LG para o lançamento da nova plataforma digital da marca, o Life's Good Lab.

Como somos mentores da área de Relacionamentos do Life's Good Lab (em breve vocês vão saber mais sobre ele, aguardem) fomos convidados de honra. Além da alta cúpula saco-roxo, levamos ainda alguns amigos próximos conosco.

Vestido a la Hawai numa plateia lotada de engravatados Armani.

Fazendo as introduções devidas. Guy trabalhou como Chief Evangelist in Office da Apple durante vários anos nas décadas de 80 e 90. Além disso, escreveu fantásticos livros sobre inovação e é palestrante requisitado mundialmente. Basicamente, uma lenda viva do Vale do Silício.

Portanto, é justo dizer que estávamos empolgados com a perspectiva de presenciar sua fala em primeira mão, ao vivo.

E foi isso tudo mesmo?

Nem de longe. Foi muito mais.

Saímos da palestra transbordando energia, elétricos. Fiz anotações sobre cada um dos 11 pontos apresentados por ele em seus breves 40 minutos. Inclusive comecei a redigir esse post discutindo longamente cada item e minhas percepções a respeito. No meio do texto me dei conta do quão prolixo, tosco e ineficiente estava soando ao sequer tentar transpor em bits & bytes o impacto que esse encontro teve sobre mim e os demais membros da Equipe PdH.

Portanto deixo com vocês essa pérola, legendada de cabo a rabo em português.

Link da palestra completa.

Assistam aos 39 minutos. Comprem o livro dele. Será um dos melhores investimentos que podem fazer por si mesmos esse ano. Na sequência, deixem seus comentários por aqui. De nada.

Bônus

Demos a ele nosso livro, em nome de toda a comunidade saco-roxo. Ainda que não saiba uma letra de português, bom karma nunca é demais.

publicado em 12 de Agosto de 2010, 22:16
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura