Largou filme pornô e terminou o namoro | Os textos mais lidos de março

Tudo novo de novo

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

O lance das águas de março cantou renovação para a equipe do PapodeHomem. Há menos de um mês abrimos para vocês o novo projeto editorial do PdH, pontuando o que mudaríamos, como faríamos e por quê. As últimas quatro semanas foram o pontapé dessa nova proposta, que dialoga diretamente com quem nos lê.

Quero aproveitar esse momento de retrospectiva do que foi produzido e lido ao longo de março para perguntar qual a impressão de vocês. Funcionou? O novo projeto está fazendo sentido? Queremos feedbacks e sugestões.

Um bom começo pra essa conversa pode ser com a indicação do texto que você mais gostou no mês de março, além de um que você não curtiu tanto assim. Dessa forma nós conseguimos trocar impressões e deixar o projeto editorial cada vez mais alinhado e construtivo.

Pra puxar isso: deixei dois artigos indicados por mim no fim dos 10 textos mais lidos. Deixem os de vocês também. Vamos lá?

1. Toda relação homem-mulher é assimétrica, por Alex Castro (23.284)

2. Sensualidade masculina ainda é tabu? A equipe PdH topou ser fotografada e responder essa, por Pedrinho Fonseca (20.283)

3. Porque tantos meninos apegados à mãe se afastam dela quando crescem?, por Frederico Mattos (14.860)

4. Sensual, sexual e doloroso: toda a beleza de corpos nus em desenhos e pinturas, por Jader Pires (14.820)

 

5. O jeito certo de se matar, por Brad Warner (12.552)

6. Logan poderia ter sido o melhor filme de super-heróis, por Jader Pires (12.390)

7. Ator pornô larga os filmes após eventos de priapismo em seu pênis, por Redação PdH (11.619)

 

8. False Falg: como justificar o injustificável, por Breno França (10.965) 

9. Terminou o namoro e começou a morrer | Do Amor #53, por Jader Pires (10.306)

 

10. 15 dos piores serial killers que já passaram pelo mundo, por Carol Rocha (9.743) 

***

Escolhas da editora:

As regras da não-monogamia, por Alex Castro

 

Como evitar que domésticas sejam uma incoerência feminista?, por AzMina

 


publicado em 03 de Abril de 2017, 18:30
Foto jpg

Carol Rocha

Leonina não praticante. Produziu a série Nossa História Invisível , é uma das idealizadoras do Papo de Mulher, coleciona memes no Facebook e horas perdidas no Instagram. Faz parte da equipe de conteúdo do Papo de Homem, odeia azeitona e adora lugares com sinuca (mesmo sem saber jogar).


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: