Medo, sexo, leituras e satanismo | Os textos mais lidos de março

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

 

O mês errado do carnaval, um mês de 31 dias de sorte e desespero. Março foi um momento interessante e cheio de testes e experimentações no PapodeHomem. Ora bolas, temos que seguir a nossa caminhada, dar um passo para frente. Acertamos um monte e erramos um bocado? Sim, sempre. Nesses caminhos, temos dez textos que foram os mais acessados do mês, artigos variados como há tempos não se via. Diversos autores e temas diversos -- sortidos mesmo. Tem artigos pequeninos e tem textos grandes e profundos. Tem pra tudo que é gosto. Dá só uma olhada:

1. "Se acha que não tem medo de escuro, esse vídeo vai fazer você repensar isso", por Luciano Ribeiro (76,383)

Tem coragem? Vai lá e dá o play
Tem coragem? Vai lá e dá o play

2. "O que o sexo muda na sua vida?", por Jader Pires (29.115)

O que era uma pergunta simples virou, claro, um turbilhão de pensamentos tomados de assalto em praça pública. Literalmente.
O que era uma pergunta simples virou, claro, um turbilhão de pensamentos tomados de assalto em praça pública. Literalmente.Quais respostas poderiam surgir a partir desse questionamento?
O que era uma pergunta simples virou, claro, um turbilhão de pensamentos tomados de assalto em praça pública. Literalmente. Quais respostas poderiam surgir a partir desse questionamento?

3. "Como melhor interpretar e absorver suas leituras", por Paulo Ribeiro (26,974)

Pare um pouco e espere a ficha cair: aproximadamente 3 em cada 4 brasileiros não conseguem interpretar o que leem. Conversar sobre como se interpreta o que se lê é tão importante quanto ensinar as pessoas a ler.
Pare um pouco e espere a ficha cair: aproximadamente 3 em cada 4 brasileiros não conseguem interpretar o que leem. Conversar sobre como se interpreta o que se lê é tão importante quanto ensinar as pessoas a ler.A leitura é um processo e pode ser aprimorada.
Pare um pouco e espere a ficha cair: aproximadamente 3 em cada 4 brasileiros não conseguem interpretar o que leem. Conversar sobre como se interpreta o que se lê é tão importante quanto ensinar as pessoas a ler. A leitura é um processo e pode ser aprimorada.

4. "Que tal deixar suas fixações de lado?", por Marcos Bauch (25,432)

Às vezes é amor. Às vezes é só apego mesmo
Às vezes é amor. Às vezes é só apego mesmo

5. "Ser inteligente, hoje, é saber ser seletivamente ignorante", por Pedro Burgos (23,300)

Mas se a mídia em geral ataca nossos sentidos primários e tenta nos entupir de informação, somos cúmplices dando audiência. Sim, como público, nós não somos vítimas, somos cúmplices. Porque, e isso é importantíssimo deixar claro, nós temos o controle: consumir informações ainda é um processo ativo
Mas se a mídia em geral ataca nossos sentidos primários e tenta nos entupir de informação, somos cúmplices dando audiência. Sim, como público, nós não somos vítimas, somos cúmplices. Porque, e isso é importantíssimo deixar claro, nós temos o controle: consumir informações ainda é um processo ativo

6. "Nossa percepção de tempo e história é bem limitada", por Jader Pires (20,891)

Star Wars estreou nos cinemas em maio de 1977. A última execução por guilhotina ocorreu em 10 de setembro do mesmo ano, em Marselha
Star Wars estreou nos cinemas em maio de 1977. A última execução por guilhotina ocorreu em 10 de setembro do mesmo ano, em Marselha

7. "Como ler um livro por semana", por Julien Smith (20,166)

Sim, eu fiz isso. Li mais de um livro por semana pelos últimos cinco anos.
Sim, eu fiz isso. Li mais de um livro por semana pelos últimos cinco anos.Mais ainda – nunca fiquei pra trás ou parei. Eu estava sempre à frente do planejado ao longo de todo o ano. Então agora, nesse ano, adivinha? Gostaria que você fizesse o mesmo e te digo como
Sim, eu fiz isso. Li mais de um livro por semana pelos últimos cinco anos. Mais ainda – nunca fiquei pra trás ou parei. Eu estava sempre à frente do planejado ao longo de todo o ano. Então agora, nesse ano, adivinha? Gostaria que você fizesse o mesmo e te digo como

8. "Por que larguei o satanismo", por Fábio Rodrigues (19,859)

Não é bem que larguei, às vezes ainda calha de praticar — é só que tem acontecido bem menos e a experiência tem sido boa
Não é bem que larguei, às vezes ainda calha de praticar — é só que tem acontecido bem menos e a experiência tem sido boa

9. "5 filmes para esquecer o carnaval | Listas Descaralhantes #18", por Jader Pires (19,207)

Ficar em casa e pensar na vida. Tirar o atraso dos livros, fazer uma faxina, jogar videogame, chamar uns amigos para fazer algo indoor. Temos uma lista de cinco filmes que são muito bons e afastam de vez qualquer vontade dos balangandãs. São cinco películas que, cada uma a sua maneira, retiram o espectador de qualquer clima carnavalesco e enfiam reflexões maravilhosas e complexas na cabeça
Ficar em casa e pensar na vida. Tirar o atraso dos livros, fazer uma faxina, jogar videogame, chamar uns amigos para fazer algo indoor. Temos uma lista de cinco filmes que são muito bons e afastam de vez qualquer vontade dos balangandãs. São cinco películas que, cada uma a sua maneira, retiram o espectador de qualquer clima carnavalesco e enfiam reflexões maravilhosas e complexas na cabeça

10. "Quanto vale meu trabalho?", por Eduardo Amuri (18,066)

Quanto vale uma aula do Sr. Miyagi?
Quanto vale uma aula do Sr. Miyagi?

A escolha do editor

São duas, porque uma escolha seria pouco. 1. "Como passar bife de duas maneiras (e fazer bonito no almoço)": você nunca mais verá o bife da mesma maneira. A Letícia Massula mandou tão bem, colocou palavras tão gostosas, fotos tão saborosas, vendeu tão bem o peixe, digo, bife dela que se torna impossível ler esse texto e não sair correndo para passar um bife (não fritar).

Primeira lição do dia: a não ser no caso de feito à milanesa, que é imerso em gordura, nós não fritamos bifes. Fritar (por imersão ou em gordura rasa, como no caso da milanesa) é uma técnica de cocção que consiste em mergulhar as superfícies da carne (ou outro alimento) em gordura quente
Primeira lição do dia: a não ser no caso de feito à milanesa, que é imerso em gordura, nós não fritamos bifes. Fritar (por imersão ou em gordura rasa, como no caso da milanesa) é uma técnica de cocção que consiste em mergulhar as superfícies da carne (ou outro alimento) em gordura quente

2. Vocês repararam que a gente voltou a ter uma participação bem ativa do nosso ilustrador, o amigo Felipe Franco, no PdH? O cara mandou muito bem nas imagens para diversos posts desse mês, alguns deles aqui no top 10 (Posições 3 e 6) e muitas outras nesses posts aqui: "O orgulho do pai"; "Pequenos hábitos, grandes resultados"; "Como não morrer engasgado com o próprio umbigo"; "Meu apartamento tem senzala"; "Desempregados ou mal-empregados? O que é pior?"; "Ser um flâneur e quebrar a rotina ou perceber o que ninguém mais percebe".

mergulho

E como foi o mês de março para você?

Como sempre, a ideia dessa publicação, além de mostrar o que mais foi lido aqui, é discutir como foi o andamento do último mês. Queremos saber sua opinião sincera. Como foram as leituras de março? Mandamos bem onde? Cagamos em qual post? Começamos o papo aqui embaixo, nos comentários.


publicado em 02 de Abril de 2014, 12:02
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: