Memórias do Brasileirão – Parte 1

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Inicio aqui uma série de artigos sobre jogos interessantes da história do Campeonato Brasileiro de Futebol. Decisões emocionantes, goleadas, viradas históricas, jogos com fatos curiosos, micos e frangos incríveis, rebaixamentos, enfim, muita coisa legal para os amantes desse que nunca deixou de ser o melhor campeonato do mundo.

Em minha pesquisa, selecionei mais de 100 partidas, que trarei em blocos de 5, para não ficar cansativo. Infelizmente tive que deixar algumas partidas de fora pela ausência de vídeos, como o empate entre Internacional x Fluminense (2x2) pelo Brasileirão de 2005, que foi um dos melhores jogos daquele ano. Ou a vitória do Corinthians sobre o Flamengo por 4x1 em 1984, que eliminou o rubro-negro do Brasileirão e fez o placar eletrônico do Morumbi estampar os horários da ponte aérea, tirando uma com a cara dos cariocas.

Provavelmente devo ter deixado de fora um ou outro bom jogo. Se o leitor quiser fazer sua sugestão, escreva para drhealth@papodehomem.com.br, com o título “Memórias do Brasileirão” e, de preferência, informando o link para o vídeo.

Sem mais delongas, vamos aos jogos, pois teremos muitos artigos pela frente.

1971 - Botafogo 0 X 1 Atlético-MG

Vídeo no YouTube

Não poderia deixar de começar com o 1º campeão, o Galo. A decisão do 1º Brasileirão foi realizada num triangular entre Botafogo, Atlético e São Paulo. O Atlético venceu o São Paulo por 1x0 no primeiro jogo em Minas. No segundo, o São Paulo venceu o Botafogo por 4x1 no Morumbi. Com isso, a decisão ficou para o Maracanã. Com gol de Dario, o Galo venceu por 1x0 e sagrou-se campeão brasileiro, sua única conquista até hoje.

1997 - Flamengo 1 X 4 Vasco


Vídeo no YouTube

A semifinal do Brasileirão de 1997 compunha-se de 2 grupos de 4 times. Os arqui-rivais Vasco e Flamengo caíram no mesmo grupo, junto com Juventude e Portuguesa, todos contra todos em jogos de ida e volta. Os cariocas mostraram sua superioridade, especialmente o Vasco, com um Edmundo inspiradíssimo.

Na penúltima rodada do quadrangular, uma vitória garantiria a vaga antecipada à final para o time cruzmaltino. Não só a vitória veio, mas com direito a goleada e um show de Edmundo, que fez 3 gols, com direito a rebolada na comemoração do terceiro. Possivelmente aquele foi o ano em que um único jogador fez a maior diferença da história do Brasileirão, e a torcida do Vasco jamais esquecerá disso.

2008 - Portuguesa 5 X 5 Figueirense

Vídeo no YouTube

É provavelmente o empate com mais gols da história do campeonato. Como torcedor gosta é de gol e não é todo dia que acontecem 10 gols em um jogo, merece estar aqui. O jogo foi pela primeira rodada do campeonato de 2008, a Lusa chegou a estar vencendo por 5 X 2, mas cedeu o empate. Foi prenúncio das fortes emoções que ambos times viveriam naquele ano. Ambos caíram para a série B.

1994 - Guarani 4 X 2 São Paulo

Vídeo no YouTube

Jogo válido pelas quartas de final do Brasileirão de 1994, colocava frente a frente o time que acabara de ser bicampeão da Libertadores e do Mundial contra a grande surpresa do campeonato, o Guarani, detentor da melhor campanha durante a fase de classificação e de uma dupla de jovens revelações que estavam estraçalhando as defesas alheias, Amoroso e Luizão. No primeiro jogo, vitória do tricolor por 1x0, o que lhe dava a vantagem do empate em Campinas. Para piorar a situação do Bugre, Amoroso (que foi o artilheiro daquele ano ao lado de Túlio, do Botafogo) rompe os ligamentos do joelho esquerdo e precisa ser substituído.

Mesmo sem seu principal jogador, o Guarani abre a contagem, mas o São Paulo logo empata, e assim termina o primeiro tempo. No segundo, o Guarani faz mais dois gols, sofre um no finalzinho, e quando parecia que o São Paulo empataria novamente, um contra-ataque bugrino fecha o placar. O bom time do Guarani avançava às semifinais, mas não resistiria à falta de Amoroso e ao futuro campeão Palmeiras.

1983 - Corinthians 10 X 1 Tiradentes-PI

Vídeo no YouTube

Até hoje, esta é a maior goleada da história do Brasileirão. Numa época que a politicagem fazia com que a CBF colocasse times de todos os recantos do Brasil no inchado campeonato nacional, o desconhecido Tiradentes do Piauí veio à São Paulo enfrentar o Corinthians. Até saiu na frente, com um gol de pênalti. Porém, a volta à realidade foi mais do que dura para os piauienses, pois Sócrates, Biro-Biro e companhia os trucidaram sem dó. Com direito a uma linda bicicleta de Wladimir e 4 gols do Doutor.

O mais interessante é que o grupo era formado por Corinthians, Fluminense, CSA, Fortaleza e Tiradentes – no qual se classificavam 3 times – e a terceira vaga ficou com os piauienses, que venceram o Fluminense e o próprio Corinthians, em Teresina.

Veja a segunda parte!


publicado em 25 de Agosto de 2009, 21:15
7375567d0f2c379b7588ce618306ff6c?s=130

Mauricio Garcia

Flamenguista ortodoxo, toca bateria e ama cerveja e mulher (nessa ordem). Nas horas vagas, é médico e o nosso grande Dr. Health.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: