Quer dar um tapa no visual mas não sabe por onde começar? Fizemos um curso online de estilo pra isso, o “Mas você vai de chinelo?”. Inscreva-se agora! É gratuito!

Miro, um mediacenter do caralho

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Logo havaianas 130x50 png
  • 47 nh 1 png

Buenas, cabrones. Venho com uma dica rápida.

Esses dias baixei um mediacenter que botou todos os outros que usava no bolso. Ele se chama Miro.

Além de fazer o básico como um bom player - centraliza seus arquivos, permite busca rápida e é bem intuitivo - ele brilha mesmo nas funções extras. Sua barra de pesquisa permite buscar em uma série de sites como YouTube, Google Video, Daily Motion e Mininova. Após localizar um vídeo em uma dessas redes, você pode baixá-lo em HD e assistir na hora, direto do próprio Miro. Aliás, sempre que possível ele busca a versão em HD.

Essa é a interface do Miro. Observem a barra de pesquisas.

Essa é para os fanáticos por séries...

O Miro permite que você baixe Torrents diretamente, em alta velocidade. Junte a isso o site ShowRSS, que gera Feeds para downloads atualizados periodicamente de suas séries favoritas. Você adiciona o endereço do Feed no Miro e ele baixa todos os novos episódios, automaticamente.

Na prática, você deixa o seu lap ligado e conectado à web, sai pra trabalhar e ao voltar pra casa encontrar todos os novos capítulos, em HD, te esperando.

O Miro é feito pela organização sem fins lucrativos Participatory Culture Foundation com o fim de tornar o mundo mais aberto e colaborativo. Portanto é 100% gratuito. Dá gosto de ver iniciativas como essa. Para apoiar o trabalho deles aceitei até mesmo mudar minha página inicial.

Bom, já chega de babar ovo do programa. Recomendo o download. E caso saibam de algo ainda melhor ou tenham dicas de outros softwares, compartilhem.


publicado em 10 de Janeiro de 2011, 10:09
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: