Morroidetic Movements of Sexual Love

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Cuidado.

---


O diálogo de Msn que deu origem ao post...


morroidetics

Morróida: Tava saindo com uma mina séculos atrás cara, conheci num buteco, aff foi foda.
Guilherme: Ruim de cama?
Morróida: Fazia todo o morroidetic movement of love. Tapa na bunda, puxada de cabelo, a mina nada... já tentei falar que amo ela na hora, nada.
Guilherme: AHUHUAHUAUHAHUAUHAHUHUAU
Morróida: Cara, xingava ela de tud que é nome, nada.
Guilherme: Morroidetic movement of love?! Cara, se você fizer um post com esse titulo, publico na hora.
Morróida: Façamos aqui então.

---

morroida
Morróida, clicado por Fernando Torquatto

Morroidetics Movements of Sexual Love, por Morróida

Curto e grosso.

Na cama, o homem não pode ficar tratando a mulher com carinho... quer carinho, compre um cachorro! Nem conversar, quer conversar, vai na hebe ou liga no disk suicídio. O cara tem que executar o movimento de maneira que não faça a mulher ficar molhada, tem que fazer chover no meio da perna dela.

Muito simples. Depois de estar com a paudurescência correta e ter feito algumas preliminares, surpreenda, pegue a mulehr de jeito, com um braço só vire ela de barriga pra baixo na cama.

Levante a bunda dela. Agarre no cabelo. Meta a rola. Solta um tapa moderadamente pornográfico na buzanfa da garota, que agora se encontra de quatro. Xingue-a de vagabunda, e seja feliz.

Grato.

Pronto. 13 linhas, um post.

Sou o mito da postagem.


publicado em 20 de Junho de 2008, 15:07
F2a5acd88de8042a46819a347e9ab4b9?s=130

Fabio Morróida

Escrevendo de seu iate Azimut Leonardo 78 pés atracado em Côte d'Azur, enquanto degusta seu Blue Label rodeado de modelos, este autor gosta das boas coisas da vida, é humilde e sincero e escreverá sobre F1.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: