A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Música Brega | 35 canções pra se ouvir tomando cachaça

“Cara, cê tem uma banda de brega, certo?”.

Foi o que o Jader Pires colocou no meu chat, antes da hora do almoço, dia desses. Bem, tô na Brega Vadio mais por curiosidade musical e amizade que outra coisa. Sempre fui do Rock, então a coisa foi meio brusca pra mim.

Com o tempo, fui aprendendo a ver e entender a música com outros ouvidos. Certa feita, cheguei a ler por aí que “brega é o coração que nunca amou”. Que paulada! Mas é engraçado como este estilo é ainda taxado.

Pra mim, pelo menos, a música brega é o blues do Brasil -- fala das coisas da vida e do mundo com uma sensibilidade semelhante àquela dos afroamericanos que colhiam algodão no sol do Mississipi.

Link YouTube | Dê o play e ouça todas as canções, uma seguida da outra

Trago aqui a nata e o que mais lembrei de cabeça. Então vamos à choradeira, porque todo dia é dia:

Bartô Galeno – "No Toca-Fitas do Meu Carro"

cd-bart-galeno-no-meu-carro-por-ai-14577-MLB187181808_2598-F

Pra começar os trabalhos com franqueza e as viradas de doses, uma canção pra nos fazer lembrar do(a) amado(a).

Link YouTube

Lairton e Seus Teclados – "Morango do Nordeste"

Regravada por vários artistas Brasil adentro, essa música é uma obra-prima do estilo.

Link YouTube

Amado Batista – "Princesa"

Essa é uma das maiores vozes bregas do Brasil. Amado Batista, tirando o Wando, deve ser o mais “amado” pelas mulheres. Suas letras fazem jus.

Link YouTube

Carlos Alexandre – "Arma de Vingança"

Pra ser sincero, conheci essa música esses dias. Um colega de trabalho só falou: “diga aí, se você fosse usado como arma de vingança para fazer ciúmes?”.

Link YouTube

Paulo Sérgio – "Última Canção"

De primeira, dá pra saber que a coisa é séria. É pra suspirar pelos poros todos.

Link YouTube

Sérgio Reis – "Coração de Papel"

Muita gente conhece o lado sertanejo do cantor Sérgio Reis. Mas ele teve outros bons momentos antes disso. E, sim, há brega na Jovem Guarda!

Link YouTube

Gillard – "Aquela Nuvem"

Essa canção é daquelas de levantar o copo, brindar e ficar quieto, ruminando a vida.

Link YouTube

Edvaldo Braga – "A Cruz Que Carrego"

O chamado “ídolo negro” tinha uma voz com presença e mandava o recado pros apaixonados.

Link YouTube

Falcão – "Ela Me Traiu Com o Resto das Camisinhas"

Essa foi a primeira que me veio à cabeça. Só pelo título, vale estar por aqui.

Link YouTube

Raul Seixas – "Tu És o MDC da Minha Vida"

Raulzito estava 10 mil anos à frente de seu tempo e gostava de misturar ritmos, lá em meados de 1970. Mexeu com rumba, elementos do candomblé, tango, baião, marchinhas de carnaval e, claro, brega.

Link YouTube

Alípio Martins – "Onde Andará Você"

O riff desse começo é marcante. A gente lembra logo do que se trata, mas não por onde anda. Nessa compilação, ainda vem “Festa dos Cornos”. Aproveitem...

Link YouTube

Márcio Greyck – "Impossível Acreditar Que Perdi Você"

Essa é a hora do coração apertar mais uma vez. Sem mais.

Link YouTube

Márcio Greyck – "Vivendo Por Viver"

Chorosa, essa música mostra um existencialismo sem igual.

Link YouTube

Fernando Mendes – "Você Não Me Ensinou a Te Esquecer"

Clássico supremo! É só cantar junto...

Link YouTube

José Augusto – "De Que Vale Ter Tudo na Vida"

Um brega swingado, tentando cingir o amor pelo pescoço.

Link YouTube

Diana – "Foi Tudo Culpa do Amor"

Diana é um baita clássico. Vivia pedindo perdão, sendo a voz de outrem.

Link YouTube

Diana – "Porque Brigamos"

Uma das divas da época, ela cantava os devaneios de se amar alguém e suas consequências.

Jane & Herondy – "Não Se Vá"

As súplicas de amor num tom brando e musicado. Clássico!

Link YouTube

Vanusa – "Manhãs de Setembro"

Foi ela.

Link YouTube

 

Paulo Diniz – "Pingos de Amor"

Canção também conhecida pelo arranjo da banda Kid Abelha, eis a chuva que todos querem provar.

Link YouTube

César Sampaio – "Secretária na Beira do Cais"

Essa foi uma das primeiras que me peguei a tocar na banda. Senti a letra e o drama de como é viver tendo a profissão mais antiga do mundo.

Link YouTube

Reginaldo Rossi – "Leviana"

E, então, chega a hora: o Rei do Brega, o pernambucano Reginaldo Rossi.

Façamos então uma sequência. “Leviana” é clássico absoluto. Quem nunca teve uma (ou um devasso)?!

Link YouTube

 

Reginaldo Rossi – "Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme"

Que tipo de veneno é gostoso de provar?

Link YouTube

Reginaldo Rossi – "Raposa e As Uvas"

Recriando a fábula de Esopo em fórmula de amor, Reginaldo tenta conquistar a todo custo um “broto”. Essencial!

Link YouTube

Reginaldo Rossi – "Garçom"

E, claro, a homenagem aos que nos suportam e nos aconselham, com destreza.

Link YouTube

Wando – "Fogo e Paixão"

Sucesso máximo da carreira do garanhão Wando. Quem não acompanha quando ele começa com aquele “Você é luz...”?

Link YouTube

Lindomar Castilho – "Camas Separadas"

O criador de “Você É Doida Demais”, traça aqui o desquite como a solução.

Link YouTube

Adelino Nascimento – "Toca o Telefone"

Fenomenal. “Pega o telefone, diz que me ama, diz que me adora! Não me engana. Você é tudo que eu mais quero, vem me escutar!”

Odair José – "Cadê Você"

odair-jose

Uma das mais bonitas listadas aqui hoje. Pra chorar.

Link YouTube

 

Odair José – "Eu Vou Tirar Você Desse Lugar"

Ganhou certo status cult após o grupo Los Hermanos fazer uma versão. Mas essa é a número um de todos os bregas. A letra é muito forte.

Link YouTube

 

José Orlando – "Pistoleiro do Amor"

Essa me lembra muito a infância. E esse quê de lambada reforça a entrada na lista.

Link YouTube

Borba de Paula – "Eu Vou Pedir à Lua"

Quando alguém recorre ao nosso satélite, é porque a coisa tá braba.

Link YouTube

Carlos André - "Se Meu Amor Não Chegar"

"Hoje eu quebro essa mesa se essa música não tocar".

Link YouTube

Nelson Ned - "Se as Flores Pudessem Falar"

O pequeno notável tinha jeito pro brega. Essa é uma prova.

Link YouTube

Waldick Soriano – "Dama de Vermelho"

O mestre Waldick canta as dores da separação, relatadas ao psicólogo de sempre.

Link YouTube

BÔNUS TRACK

De quebra, ainda repasso um documentário lançado em 2011, com direção de Ana Rieper, para que os interessados entendem melhor a dinâmica deste estilo musical, o ótimo Vou Rifar Seu Coração.


E coloco o espaço abaixo para sugestões, caso eu não tenha contemplado o gosto dos leitores por completo. Por favor, então vocês me emBREAGuem!


publicado em 06 de Setembro de 2014, 06:00
File

Breno Airan

Projeto de jornalista e escritor, affair do Rock n' Roll e visionário do brega. Um dos fundadores do portal Budega das Artes.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura