Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Não fico mais de 15 dias sem sexo. Sou normal?

Pergunta:"Dr. Love,

não consigo ficar sem fazer sexo por mais de 15 dias, minha mãe diz que
eu não sou normal... será???"

- Daisy

Meu bem,

quando a conversa envolve sexo, relacionamentos e nossas preferências, é mais fácil encontrar um mico leão dourado com chifre do que chamar alguém de normal. As pessoas insistem em fazer perguntas do tipo "É ou não é?", à espera de algum carimbo maluco de aprovação. O que existem são escalas, sempre gradativas, que caminham de um ponto a outro.

Há uma enorme diferença entre gostar de sexo e necessitar de sexo, não se confundam, rapaziada
ninfo

No caso do desejo sexual, por exemplo, temos a seguinte escala de intensidade:

Escala de Desejo:


- 1. Geladeira Velha


Você tem aversão ao sexo, caso raro, mas existe. É uma fobia documentada.

0. Pedaço de pau


Objeto inanimado e praticamente indiferente ao sexo, tanto faz o que enfiam ou deixam de enfiar em você, contanto que não demore muito.

1. Marcha Lenta


Sexo é até legal, mas dispensável por uma boa leitura.

2. Normal - com variações para cima ou para baixo


Apenas um indivíduo típico, que se masturba e transa sempre que tem a oportunidade.

3. Michael Douglas


Você tem compulsão sexual. Conhecida como Erotomania(para homens) ou Ninfomania(para mulheres).

A grande maioria da população terrestre se enquadra no número 2, já que o desejo "normal" comporta variações de acordo com a pessoa, visto que é uma medida completamente subjetiva.

O que deve observar é se sua necessidade de se sentir preenchida quinzenalmente está atrapalhando sua vida. Caso necessite de grande variedade e não consiga manter um relacionamento estável, mau sinal. Se a falta de sexo a deixa extremamente tensa e raivosa como um bicho, também não é boa indicação.

Viciados transam múltiplas vezes por dia, sempre à procura de novos parceiros. Logicamente isso afeta a vida profissional, pessoal e afetiva nas maneiras mais destrutivas. Além do que, a pessoa com esse distúrbio nunca alcança a satisfação, está sempre em busca do gozo que nunca vem na intensidade desejada.

Nessa situação, recomendaria uma visita a um psicólogo ou terapeuta sexual o quanto antes. Existem várias opções de tratamento.

Mas caso não sinta nada disso, trata-se apenas de um grande apetite pelo falo. A solução é simples, encontrar um homem capaz de manter sua demanda em dia.

Dr. Love, espalhando o amor pelo mundo

Msn:dou.tor.love@hotmail.com

Visite a nova sessão Dr. Love em nosso fórum !

Use o formulário abaixo para enviar sua pergunta.

[CONTACT-FORM]


publicado em 14 de Junho de 2007, 11:47
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura