A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Nos trilhos

Cara, é bom demais quando você vê algo finalmente engatando, tomando rumo. Não é nem fazer de um jeito até achar a consistência certa, não tem receita aqui. É tudo na mão mesmo, no feeling, no pulso.

Mas é que nem como colocar um barquinho no mar, sabe? Aquele azul todo, ora bravo, ora doce. Empurra-se o barquinho, esforço em conjunto, contínuo. Ele começa meio balançado, mas percebe-se que não afunda. O barquinho avança sem muita noção do que é, do que pode vir a ser. Então ele vai.

A gente já zarpou há algum tempo, amigão

As ondas começam a ficar menos afoitas, menos intransigentes. O barquinho começa a deixar aquele rastro no mar, aquele risco que vai mudar toda a direção da água em volta.

Daí pra frente, o barco descobre seu rumo. Aponta pra lá, seja esse "lá" qual for, e rema.

O Portal Homem já tá remando. já tá nos trilhos (se é que ainda me é permitido mais uma alusão a meios de transporte).

Está muito mais claro, de tempos pra cá, qual o rumo tomado e o objetivo a ser alcançado, como local formador de masculinidade, de troca de experiências de homens que não estão confusos e que querem repassar sua vida para exemplo de outros.

Prova disso foi a gravação do nosso primeiro podcast, a sair no Portal Homem na próxima semana. Uma troca de ideias e debate de opiniões sobre os acontecimentos do mundo, desde alguns mais distantes até outros que estão, de forma inerente, impregnados no nosso dia a dia como homens.

Gravamos em um baita estúdio no bairro do Morumbi, aqui em São Paulo, chamado Estúdio 500 (com "E", não o Studio 500, aquele local familiar que fica no bairro da Penha, na zona leste da cidade). Ficamos bem contentes com o resultado, que será colocado à prova em breve. Quando se percebe firme e forte nos trilhos, a confiança fica maior.

Enquanto o podcast não vem, a gentre entrega um vídeo. Pode ser?

Então será. Hoje, no Portal Homem, a gente publicou o primeiro videocast com a participação do time de editores (Jader, este que vos escreve, Rodolfo "Orlando Magic" Viana e Fred "cheiro amadeirado" Fagundes) e da nossa especialista em estilo, a charmosa e delicada Verônica Gunther (ah, agora interessou né, Manolo). O vídeo faz uma indagação bem simples, porém pertinente até demais: "quem é o homem deste século?"

Duas gerações de homens que não estão nada confusos

Já sabe a resposta, assim , de prontidão? Aparece lá no Portal Homem então pra dizer quem é o tal.

Outros posts da semana

Isso se reflete muito nos posts atuais também. A confiança em escrever, em propor temas mais interessantes, mais próximos de nós.

Cinco crenças que nos deixam batendo cabeça - Nessa semana, o nosso Pitka tupiniquim, Gustavo Gitti, escreveu sobre como todos criamos expectativas para nossos relacionamentos e acabamos querendo colocar tudo o que criamos no mundo das ideias do mesmo jeito aqui, fora da "caverna".

O Pelé disse love, love, love - Fred Fagundes, danado que só, comentou o vídeo de despedida do Pelé do New York Cosmos, último time pelo qual o rei jogou.

O fiasco do Rock in Rio 4 - Jader Pires, esse editor que você acha assaz tipão fala sobre o Rock in Rio e suas falhas que, para um festival de tal magnitude, não poderia de haver deixar passar (adoro verbos).

Tá vendo? Nos trilhos fica tudo bem mais interessante.

Engatamos!

Ps: reparou que acabou e nem apareceu trem nenhum por aqui!?


publicado em 21 de Outubro de 2011, 12:09
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura