Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

O fim está próspero? 12 sinais de que o mundo vai mesmo acabar - Parte 2

Na primeira parte, começamos a conhecer os motivos para o fim do mundo. Veja agora o restante e tire suas conclusões sobre tudo que acontece na terra e faz com que o fim esteja cada vez mais próspero.

5 – Quem invade Marte somos nós

Seu futuro lar | Link

Tem gente sendo paga para provar que dá para viver em Marte. Sério. A solução é criar um mega efeito-estufa lá, coisa que somos craques. Basta queimar uns combustiveiszinhos fósseis. Isso causará um aquecimento global e a atmosfera, menos rarefeita, passará a segurar o calor. Pois bem. Com o calor, o gelo que existe lá derrete e volta a formar rios. Uma vez com água, começará a existir também chuva.

Aí o próximo passo é importar da Terra vegetações rasteiras, que serão as primeiras a produzir oxigênio lá no planeta vermelho - que ficará verdinho aos poucos. Depois outras vegetações de climas mais frios, já que lá ainda não estará tão quente assim.

Em 100 anos, os cientistas juram que teremos clima agradável, oxigênio e um planeta inteiro para explorar (e começar a destruir). Ah, é o fim do mundo. E o melhor: se for mesmo já temos um lugar para ir. E o engraçado é que em anos de ficção sempre fomos invadidos pelos implacáveis marcianos verdes. Nunca imaginamos a situação contrária: no fim são os terríveis mamíferos bípedes terrestres que vão invadir o planeta vermelho. Jupiter que se cuide...

6 – Você gasta mais em cosmético do que em cerveja?

Até mesmo as mulheres não gostam da situação: é só ficar umas duas semanas sem fazer as unhas para que uma colega de trabalho, geralmente aquela mais arrumadinha, olhe com cara de desprezo para as nossas mãos e diga “esse esmalte já deu”. Se incomoda até a mim, imagina você, que nunca pensou que ia passar por essa situação.

Mas desde que inventaram o tal do metrossexualismo, é amigo passando base de unha masculina para cá, colega de trabalho comprando creme para hidratar o cotovelo para lá... Se as coisas continuarem assim, em bem pouco tempo, vocês estarão quietos na mesa do bar, enquanto nós comentamos o jogo e arrotamos tranquilamente.

7 – Olha quem está no banco...

Lady Gaga é a nova Madonna. Quem gostava do Djavan pode ouvir as músicas do Jorge Vercilo. Se dependêssemos dos substitutos que temos, a cultura mundial estaria mesmo à beira do abismo.

Cadê o glamour da majestade?

8 – Coleta seletiva, transporte coletivo e cunhados

Festa de aniversário da sua mulher na sua casa. Está lá todo mundo: a sogra, o cunhado... nem precisa dizer mais nada. Durante a festa você vai três vezes até o lixo orgânico e tira as latinhas que seu cunhado joga no meio das cascas de banana.

Já tentou explicar para ele algumas vezes que na sua casa se separa o lixo, mas ele não parece ter entendido. Tudo bem, não adianta. Acabou a festa. É hora de ir embora. Seu cunhado entra no carro e... vai embora. Como ele mora a duas quadras de sua sogra, mãe dele, você se pergunta porque ela não aproveitou uma carona com ele. É simples. Porque ele não queria desviar o caminho.

Pois bem. É domingo, são 23h30. Você está tirando o carro da garagem para levar sua sogra em casa. Diga sinceramente: não seria melhor encarar o fim do mundo?

9 – Esfrega! Esfrega!

Basta ter o ouvido mais atento em grandes festas populares ou naquela balada ao lado de sua casa. Se prestar atenção, vai escutar gente mandando você esfregar as partes do asfalto, ou ameaçar que vai te comer como o personagem dos contos infantis.

Se há nem tanto tempo assim já era um escândalo segurar o tchan ou descer até a boca da garrafa – além de perigoso, imagina só – e agora que o rebolation já começou? Mas como é o fim dos tempos, ninguém parece estar muito chocado, não...

10 – Nem toda ilha do Pacífico é para turismo

Uma mancha de lixo do tamanho do estado do Amazonas flutuando no meio do Oceano Pacífico. Não, não é mais uma viagem criada pelos roteiristas de Lost. Todos os pedaços de plástico que jogamos fora desde a criação desse material, há cerca de um século, se transformam em mínimos fragmentos que as correntes marítimas agruparam.

A “ilha” de sucata é assustadora e a fauna da região sofre as conseqüências há tempos – em algumas áreas, 95% dos pássaros têm fragmentos plásticos no estômago. Se já é motivo de pânico imagina se pensarmos quanto tempo esse material vai demorar para se decompor. Ah, mas até lá o mundo já vai ter acabado mesmo.

Acontece a mesma coisa com os peixes do Pacífico

11 – 150 milhões de anos antes...

Isso já aconteceu um vez, que a gente sabe. Quem não assistiu o último capítulo da Família Dinossauro com lágrimas nos olhos pensando o que seria do pequeno Baby quando o mundo deles acabasse?

12 – De qualquer forma, prepare-se

E mesmo que não acabe agora... vai acontecer mais para frente. Os roteiristas das nossas séries favoritas já estão avisando faz tempo. E olha que eles sabem das coisas.


publicado em 07 de Abril de 2010, 14:00
F195ca1a98d0af952b8c82459d3e6028?s=130

Luciana Bugni

Luciana Bugni só fez jornalismo para entrevistar seus amigos quando eles virarem rock stars. Pode ser encontrada no Twitter.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura