O que comer pouco antes ou pouco depois dos treinos?

Chega a hora em que esse assunto fica bem importante, né? A gente te ajuda um pouco

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Comecei a correr. Do começo desse ano até aqui, fui passando de 5 quilômetros para seis e depois sete e oito. É natural. A coisa vai ficando fácil ou gostosa ou desafiadora ou tudo junto.

Junto com as aulas de krav magá que faço, mais as caminhadas e tudo o mais, cheguei na nutricionista e recebi a afirmação: Tem que ter pós-treino sim".

Sempre achei meio bobo, sei lá, garrafinha de whey, shake, essas coisas. Ela disse que não tinha jeito. Pro tanto que tô me exercitando, tem que ter.

Tudo isso resumindo bem. Pra saber se você também precisa ou como melhorar alimentação e treinos, a velha dica é procurar a ajuda de um profissional.

Mas, dito isso, pra não ficar só na tristeza da alimentação chacoalhada, lembrando que elas têm seu valor, eu vi na Go Outside essas opções pra comer coisa boa pouco antes e logo depois dos treinos:

Duas horas antes

Eis o momento de mandar energia para os músculos em forma de carboidrato, principalmente para atividades que durarão mais de uma hora.

Embora cada pessoa reaja de maneira diferente aos diversos tipos de alimentos, deve-se evitar ou consumir em pequena quantidade os lácteos e gordurosos (como leites e iogurtes, queijos mais amarelos, abacate, óleos, frituras) e as proteínas de lenta digestão (carnes brancas e vermelhas, ovos).

Algumas pessoas também toleram mal os integrais nesse momento por causa da grande quantidade de fibras. Outras não sofrem impacto nenhum. Por isso observe o comportamento do seu estômago e escolha o que vai melhor para você! Quanto mais próxima do treino for a refeição, menor deve ser a quantidade ingerida.

Boas opções:

  • Frutas com mel e pouco iogurte;
  • Biscoitos de arroz com geleia;
  • Pão na chapa, com pouca manteiga e requeijão, e suco natural;
  • Suplementos à base de carboidratos (se a situação pedir praticidade), como: maltodextrina, dextrose, waxy maize, gel esportivo e barras esportivas (e não barras de proteína).

Até uma hora depois

A reposição de energia também vai acontecer por meio do consumo de carboidratos, para reabastecer a musculatura até a próxima atividade. Quem treina duas vezes no mesmo dia precisa repor mais rapidamente esses estoques energéticos entre uma sessão e outra.

É nesse momento que a oferta das proteínas se torna fundamental para a recuperação das células musculares, um processo que pode levar até 48 horas para completar seu ciclo.

Assim, proteínas são bem-vindas sempre!

Boas opções

  • Leite em pó com whey protein, açaí liofilizado e mel (leve tudo na coqueteleira e, na hora de ingerir, apenas acrescente água). Para aumentar a quantidade de carboidrato, é possível adicionar aveia, maltodextrina, dextrose ou waxy maize;
  • Salgados assados + vitamina ou suco de frutas;
  • Omelete ou ovo mexido + suco de fruta;
  • Sanduíches naturais e água de coco batida com suplemento proteico.

publicado em 25 de Outubro de 2017, 00:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: