Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

O que faz um presidente dos Estados Unidos quando deixa o cargo?

Abrir uma destilaria de uísque, dar palestras, pintar, ter um time de basquete. Parece que um ex-presidente pode fazer qualquer coisa

Foi essa a pergunta que a The Atlantic fez em um papo com a escritora Barbara Bradley. 

Como se ocupar de algo depois de trabalhar no cargo mais alto da política americana, do país e, quiça, do mundo todinho?

De destilaria a times de basquete, o mundo é pequeno demais para um presidente aposentado.

Link YouTube

Os presidentes tinham, quando ainda tinham saúde, que trabalhar quando seu mandato terminava. George Washington, primeiro presidente norte americano, abriu uma destilaria de uísque (saca a ironia que, muitos anos mais tarde, o álcool seria proibido em todos os Estados Unidos), enquanto William Howard, vigésimo sétimo presidente, virou Chefe de Justiça dos Estados Unidos na década de 20. 

Só que eles, os presidentes que se transformavam em ex-presidentes, começaram a viver muito além da época de seus mandatos e, quando se chega no topo do topo com carreira, o que fazer depois?

Elas conversam sobre o caso específico de Jimmy Carter, trigésimo nono presidente que, ao perder as eleições de um segundo mandato para Ronald Reagan, volta para a Geórgia e vê seus negócios, baseados nas plantações de amendoim, enterrados em dívidas, com sua casa literalmente prestes a cair. Depois de um mandato único e impopular, como prosseguir? de acordo com o vídeo, certa vez ele disse "quando terminar tudo isso aqui, eu vou ser um missionário". E lá foi ele. Jimmy Carter acabou criando a Carter Center (Organização sem fins lucrativos que atua na área dos direitos humanos) e trabalhando em processos de paz, o mais conhecido entre Egito e Israel e acabou, em 2002, sendo agraciado com o Prêmio Nobel da Paz. 

Esse caso redefiniu o que poderia um presidente ao deixar o cargo.

Bill Clinton seguiu o caminho parecido com a Clinton Foundation, criada em 2001 para combater do HIV à obesidade, que acabou se tornando um enorme empecilho para sua mulher, Hillary Clinton, nas últimas eleições (em que ela saiu derrotada) por conta de conflito de interesses e uma saia justa quando noticiaram que boa parte dos dois bilhões de dólares doados à Fundação chegaram quando Hillary era secretária de Estado de Barack Obama. O casal também faz duzentos e trinta milhões de dólares anuais com palestras e contratos de livros. Nada mal.

Já W. Bush parece ter adorado ter saído da presidência e é um dos que mais curtem a "aposentadoria", fecha o jornal com notícias que ele não precisa mais lidar, dá um rolê com os dois cachorros em sua residência no Texas, não tem pretenções de avançar com algum legado, ele faz passeios de bicicleta com amigos, joga golfe e, agora, curte muito a arte da pintura, levando o hobby muito a sério. 

Parece uma boa opção.

E o que vai ser de Barack Obama?

De acordo com o vídeo, Obama pode trabalhar, depois de tirar suas férias, no que quiser. Mudanças climáticas, controle de armas, reformas na justiça criminal ou, minha opção preferida, ter um time de basquete.

Alô, Chicago Bulls!


publicado em 27 de Janeiro de 2017, 00:05
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura