Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

O sonho dos homens?

Pergunta:"Caro Dr. Love!

Sou um leitor frequente dos seus artigos e admiro sua habilidade de lidar com os problemas alheios...

Bom minha situação é a seguinte, sabe aquela amiga que você sempre foi a fim de pegar mas nunca teve a chance?

Pois é, eu a peguei depois de algum tempo de insistência, e acabei me deparando com a melhor foda da minha vida. Ela realmente sabe o que está fazendo, é a famosa puta na cama, mas isso não vem ao caso. Bom, a nossa relação começou bem, peguei ela a primeira vez em uma micareta – algo que, confesso, me pegou meio desprevenido porque não esperava o ocorrido.

Depois de muitas pegadas e tudo mais com 3 meses de relação estamos ''ficando sério'', eu simplesmente amo essa mulher (sabe quando você acha que encontrou a pessoa certa?) e ela demonstra reciprocidade.

Até aí tudo bem, só que ela veio ultimamente com uns papinhos de que o nosso relacionamento está muito rápido, que ela está confusa, gosta de mim, mas não quer perder a liberdade dela, não quer ter de dar satisfação pra ninguém aquele blá-blá-blá de sempre e acabou a conversa propondo somente nos encontrarmos quando um dos dois estiver a fim de ''ver'' o outro e tudo mais.

Me encontro na situação que muitos machos de plantão queriam estar. Ter uma gata, gente boa e boa de cama querendo uma fodida ocasional sem maiores compromissos e complicações (pelo menos foi o que eu entendi daquilo que ela falou). Mas eu não estou nem um pouco satisfeito com essa situação, queria um algo a mais, queria um relacionamento sério.

O que eu faço?"

–Igor

Caro Igor,

Primeiro, parabéns pela conquista em sair da zona do apenas-amigos, ridículo limbo, lar de tantos onanistas frustrados.

Segundo, sua falha passou por dois fatores. Ausência de feeling e uma dama pra lá de habilidosa.

Ausência de feeling, ou, em bom português, incapacidade de leitura.

É natural aos bons sedutores um instintivo dedo no pulso sobre em que pé está o relacionamento no qual se encontram. Sua capacidade de leitura, combinada a ações, vai ditar a diferença entre ser o objeto de desejo ou aquele jogado às traças. Vai dizer quem sofre, quem trai, quem é traído, quem ama, quem não se permite amar, tornando o relacionamento saudável ou insalubre. E por aí vai.

nodedo
"Ganhei ela assim, no dedo!"

Não encare esse texto como um conselho pontual. Estou falando de uma habilidade que deve ser cultivada, ativamente, por toda sua vida.

Dedo no pulso não pressupõe tensão e ansiedade constantes, esclareço. É justamente o contrário. Trata-se de um entendimento tácito do momento. A postura é de tranquilidade, auto-confiança. Ninguém nasce com esse dom. Ele é produto do olhar crítico, da sagacidade.

Em seu caso, pegou pela frente uma mulher sedutora, desprendida e em completo domínio da própria buceta. Mais ainda, já possuía afinidade com a dita cuja. Esse ponto é crucial no entendimento da frase "a melhor foda da minha vida", já que a cumplicidade aliada a uma atração mútua é o combustível perfeito para uma trepada dos sonhos. Ela pode nem ser isso tudo. Vai ver tem apenas mais experiência ou mais voracidade do que você. Talvez você seja tão bom quanto, até melhor. A química fez a diferença.

O Pilão Invertido

Ainda assim, na equação dela, a conta não fechou. E por isso aplicou uma manobra matadora, velha conhecida minha. O Pilão Invertido.

É uma maneira prática de:

1. se desprender de uma relação séria

2. colocar o outro na posição que quiser

3. definir quem está no controle, se colocando como "prêmio".

pilao
"Respira fundo, não vai doer nada, meu bem."

Exige firmeza e graciosidade na execução. Você escolhe um local para uma boa conversa um-a-um, abre o papo de maneira sincera e carinhosa, sem pesar muito nos carinhos. Lista o que gosta na relação de vocês, intercala com insights sobre seu atual momento de vida, já direcionando o raciocínio por trás do papo, reforça qualidades positivas da relação e oportunidades que os dois devem aproveitar.

Fecha com a proposta sobre como acredita que o relacionamento deve seguir de agora em diante. Escuta as considerações do outro. Tendo ok, podem validar o acordo num motel. Tendo restrições de tempo, podem fazê-lo com um simples e caloroso beijo de despedida.

Feito.

Paradoxalmente, o Pilão Invertido tende a ser aplicado por pessoas decididas. E apesar de sua proposição lógica de partir para a esfera dos fuck buddies ser perfeita, a consequência imediata é o parceiro que levou o pilão se tornar mais passivo, mais disponível, logo, menos atraente. Não raro, acaba em corações partidos no curto/médio prazo.

Você acabou de levar o pilão e está apaixonado, na trilha certa para uma desilusão amorosa logo adiante, ao descobrir que ela está fodendo outros e criando desculpas pra não te magoar.

Não é o sonho de todos os homens.

Hora do banho frio.

Tá, o que fazer então?

Namorar mulheres cobiçadas possui distinções. É mais do que prudente estar ciente das mesmas. Sair com uma não te faz necessariamente mais feliz ou satisfeito. No entanto, a dança tem outro tom.

Dentre uma série de pontos que renderiam uma saga digna de Dostoiévski, lembre-se:

A. Do Valor da Ausência

O jogo do claro e escuro é especialmente importante no começo de uma relação. Ele diz se é namoro, ou apenas sexo. Diz quem está mais ou menos disponível. Muitos homens possuem o terrível hábito de sempre "estarem lá", aptos ao encontro. Não sabem dosar o valor de sua presença.

Tal comportamento é muito comum diante de mulheres atraentes. Elas estão acostumadas a lidar com esse perfil de homem. O esperado entedia. O que nos leva ao próximo ponto.

Aprenda a fazê-las sentir saudade do que só você faz.

B. De Surpreender

Domine a arte de guiar as mulheres que deseja por novos territórios. Desde um boteco copo sujo que ninguém conhece, cujo dono é seu grande amigo e serve um prato especial, até uma noite de romance e muita putaria numa suíte de motel estelar. Experiências nos movem. Experiências intensas, novas, são como o legítimo mel para abelha. Em terra de açúcar industrializado, apicultor é rei.

--

Se estiver com tempo, leia isso agora.

Futuramente vou abordar saídas ideais para cada tipo de pilão, por hoje já me alonguei demais. Cansei de escrever. Seguem algumas dicas específicas para seu caso.

Esqueça da amiga. Vá foder outras, conhecer novas e melhores calcinhas. Não fique de papinho com ela no MSN/Orkut/Facebook e afins. Não mande mensagens dizendo que está com saudades ou que quer vê-la só pra bater um papo. Não ligue pra ela bêbado no meio da madrugada. Seja um homem verdadeiramente ocupado, o mundo está a sua espera. Nele, fracos não têm vez.

Dr. Love, consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas


publicado em 31 de Janeiro de 2010, 08:30
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura