O submundo dos covers de trilhas de game no Youtube | Eu ouvi pra você #36

Sem recursos sofisticados, sem estúdios caros ou sequer a possibilidade de usar timbres e gravações feitas por músicos, o que sobrava era a matéria-prima mais essencial da música.

Mario, Zelda, Megaman, Sonic, Streets Of Rage, Street Fighter, Final Fight, Mortal Kombat, Donkey Kong, Contra, Castlevania, F-Zero, Star Fox, Final Fantasy, Secret of Mana, Chrono Trigger, Fantasy Star, Shinobi, Battletoads... Piro em games clássicos.

Mas, lá nos idos dos 8 e 16 bits, quando o NES, SNES e Mega Drive dominavam a Terra, não era só obter a maior pontuação, terminar os games ou ser o melhor na arte de derrotar os amiguinhos em lutas homéricas que me atraia para as locadoras ou fliperamas. Tinha algo que me hipnotizava.

Eu ficava ali, muitas vezes, sentado ao lado do meu irmão, em casa, em frente à televisão, ligada com um cartucho de Mega Man rolando no videogame. Eu não estava com o controle. Não estava focado no jogo. Eu apenas observava meu irmão avançando as fases, enquanto cantarolava as músicas que o jogo colocava ao fundo.

E, nossa, como aquilo tinha impacto na experiência. Eu lembro de, muitas vezes, abandonar jogos por que achava a trilha ruim. O jogo não colava, a coisa não pegava.

Hoje, já tenho uma noção melhor do que me mantinha concentrado por horas com uma música repetindo em loop. Como as dinâmicas de jogo eram muito simples e os recursos, de um modo geral, limitados, tudo tinha que ser muito bem pensado. Assim, a trilha sonora tinha um papel muito mais importante. Ela podia prender ou afastar um jogador completamente.

Sem recursos sofisticados, sem estúdios caros ou sequer a possibilidade de usar timbres e gravações feitas por músicos, o que sobrava era a matéria-prima mais essencial da música: as ondas sonoras. Nos primeiros consoles, o que se tinha era alguns poucos canais e dois ou três diferentes formatos de onda. O que sobrava era extrair dessa essência básica uma melodia que fizesse o trabalho de mantê-lo entretido o máximo de tempo possível.

Então, por trás de arranjos simples, havia, muitas vezes, ideias muito complexas e bem lapidadas.

O maior exemplo, talvez, seja o das trilhas dos jogos do Mario. Afinal, quando a coisa está lá, raramente paramos pra pensar. Mas vem aqui comigo: já tentou entender o que faz as músicas dos games do Mario tão divertidas?

Não vou entrar aqui no mérito da teoria. Mas como em um prato feito por um bom chef, há um balanço entre as milhões de possibilidades, uma certeza de quais são os recursos musicais corretos que vão proporcionar o fluxo mental necessário para imergir em um determinado trecho ou fase do jogo. E, o erro sempre ali, à espreita, é o de errar pela falta ou pelo excesso.

Esse vídeo faz um bom trabalho de explicar como algo que soa simples e desce absurdamente redondo aos ouvidos e se torna objeto de assovios quando estamos distraídos pode ser tão rico e complexo.

Link Youtube

No Youtube, hoje, há uma série de canais que dedicam seu foco às trilhas de games. Pessoas ao redor do mundo mantém viva a memória desses games e comprovam a efetividade musical das escolhas de seus autores, apesar das limitações, por meio de releituras dessas melodias.

Há todo tipo de releituras no Youtube, desde aquelas feitas por garotos no quarto com pouco além do que a vontade e um computador, até versões tocadas por orquestras inteiras. E, acredite, muitas vezes você não conhece o potencial de uma música até vê-la sendo executada apropriadamente.

Separei aqui algumas versões de músicas de games que gosto bastante.

Espero que curtam.

E, se tiverem mais a acrescentar, não façam cerimônia e postem nos comentários.

Final Fantasy VI - Born With The Gift Of Magic, por Royal Stockholm Phillarmonic Orchestra

Link Youtube

Streets of Rage - Stage 8, por Songe

Link Youtube

Sonic - Chemical Plant, por KAZOO'd!

Link Youtube

Donkey Kong Country 2 - Stickerbush Symphony, por Smooth Mcgroove

Link Youtube

Secret Of Mana - Phantom and a Rose, por Super Guitar Bros

Link Youtube

Megaman 3 - Hard Man, por Zack B

Link Youtube

Street Fighter - Vega Theme, por Songe

Link Youtube

Chrono Trigger - Corridors of Time, por moonbowmusicmovie

Link Youtube

Top Gear, por Vinheteiro

Link Youtube

Bit Brigade, tocando trilhas ao vivo

Essa banda merece uma nota. Eles fazem a trilha dos games com um cara jogando no palco. Ao vivo.

Link Youtube

E eu piro nesse, com eles tocando a trilha do Megaman 2.

Link Youtube

Super Mario Bros, pela Nintendo Special Big Band

E, como não podia deixar de ser, aqui um medley dos games do Mario tocadas pela banda oficial da Nintendo.

Link Youtube

Nota: Eu Ouvi pra Você é uma coluna quinzenal, publicada às quartas-feiras. 


publicado em 22 de Março de 2017, 18:37
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura