A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

"O trilho do trem", por Shunryu Suzuki e Daniel Gisé | Mente de Principiante #1

 

Clique na imagem para ampliar
Clique na imagem para ampliar

Conhecemos o Daniel Gisé num dos encontros do lugar. Pessoa incrível, coração transbordando, desenhista e quadrinista dono de um estilo estético que, particularmente, eu invejo – decupado ao ponto daquelas simplicidades que a gente leva anos de prática e desenvolvimento técnico pra alcançar. E tem também uma coisa de segurança, de dar por terminado e suficiente um desenho ao qual, sim, se poderia adicionar mais hachuras, detalhes, correções, acabamento.

Bom, um dos interesses do Daniel (e também meu) é buscar uma experiência artística significativa não só pra quem vê seus quadrinhos, mas também pra seus alunos e para si mesmo, como praticante do desenho – é insuflar um sentido de florescimento humano à prática artística. Naturalmente a visão por trás disso não está separada da visão com a qual a pessoa leva a vida. Esse é um dos motivos pelo qual ele chegou ao lugar, e ofereceu produzir uma série de quadrinhos/tiras/desenhos pra irmos compartilhando por aqui – entre outras movimentações que possivelmente faremos.

Este aí é o primeiro, e que venham os outros!

E por aí, que outros quadrinhos e desenhos bons vocês indicam?

 

Mais

Pra falar com o Daniel e conhecer mais do trabalho dele (gosto em particular da HQ Desvio, já publicado no livro 1000-1 da Editora Barba Negra.), é só vir aqui →

Ah, até o dia 30 de janeiro, o Daniel estará desenhando retratos a pedido, no seu estilo. Eu já fui um dos alvos →

O texto que o Daniel ilustrou é do incrível Shunryu Suzuki, e está no clássico Mente Zen, Mente de Principiante. Veja aqui um trecho do livro →

Há uns dias escrevi um pouco sobre a noção da arte como ferramenta de transformação. O artigo, com várias dicas de referência, está aqui  →

 

No lugar

No fórum do lugar tem uma conversa bem legal rolando sobre isso, e lá o pessoal está dando várias dicas e sugestões de arte transformadora, obras da literatura, música, cinema, dança, desenho etc.

Para se inscrever no lugar e participar dessa discussão, basta vir por aqui →

Quer colocar isso em prática?

Para quem está cansado de apenas ler, entender e compartilhar sabedorias que não sabemos como praticar, criamos o lugar: um espaço online para pessoas dispostas a fazer o trabalho (diário, paciente e às vezes sujo) da transformação.

veja como entrar e participar →


publicado em 21 de Janeiro de 2014, 08:00
Ww jpg

Fábio Rodrigues

Trabalha em espaços onde se pode aprender como melhorar as relações, cultivar o mundo interno e florescimento humano — sem oba-oba, com os pés no chão do cotidiano. Coordenador do lugar, tutor no CEBB Joinville, professor do programa Cultivating Emotional Balance, artista visual, pai do Pedro.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura