Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Onde encontro as fotos da Siri nua?

O Noronha me convidou para escrever sobre um tema polêmico entre os blogs. A forma como os Hypes são explorados. Gostei do convite, já que a questão é cada vez mais polêmica entre aqueles que produzem conteúdo para a internet.

Antes de mais nada, Hypes são aqueles assuntos da moda, que estão sendo comentados por todo mundo, como Big Brother, acidente da TAM, Siri nua na capa da Playboy... e a lista de extende ad infinitum.

Antes de julgar, vamos pesar os prós e os contras. Assim vocês também podem acompanhar meu raciocínio e fazer sua própria avaliação.

Vai ou não vai vender muito a caipira?
iris

As Vantagens de se explorar um Hype

1. Grande fluxo de novos visitantes atraídos pelo Google. Como se trata de um tema que está na crista da onda, seu blog vai receber considerável aumento de tráfego. Quanto maior o Pagerank - sistema que o Google usa para classificar a popularidade de uma página - de seu blog, maior a quantidade de visitas.

Por exemplo, há um tempo atrás publicamos aqui na Papo de Homem um artigo sobre a Mirella Santos, sósia da Kelly Key e capa da Playboy. Até hoje recebemos visitas por conta desse artigo.

2. Aumento de lucro com o Adsense. A maioria dos visitantes serão os famosos paraquedistas. O sujeito que entra exclusivamente em busca do que procura e sai, com grandes chances de clicar nos anúncios do Adsense.

3. Maior exposição para seu blog. Querendo ou não, um blog precisa ser visto. Sem leitores, não é nada. E comentar sobre um hype pode ajudar a dar visibilidade, especialmente caso seja feito um artigo inteligente. No meio da avalanche de paraquedistas, pode ter certeza de que vai conquistar alguns leitores fiéis, que são a base de todo site.

As Desvantagens de explorar um Hype

1. Seus leitores podem perceber seu blog como fútil.

2. Grande fluxo de visitantes instantâneos, que criam uma ilusão de popularidade. Uma semana depois e suas estatísticas caem novamente.

3. Comentários comprometedores, mal-escritos ou simplesmente ofensivos feitos pelos paraqueditas - que podem afastar os leitores fiéis. Comentários inteligentes valorizam seus artigos e seu conteúdo, e, a longo prazo, são a base de todo blog com credibilidade.

Dicas para explorar um Hype

1. Só entre no assunto se ele puder ser encaixado dentro do foco de seu blog. Caso contrário, seu artigo será visto como um simples caça-níqueis.

2. Produza um artigo bem escrito. Nada é pior do que um texto de 10 linhas com pura encheção de linguiça e incontáveis erros de português, frutos da pressa em explorar a carne fresca.

3.  Coloque opinião, ao invés de simplesmente repetir o que já disseram sobre o assunto. Dessa forma, no lugar de ser percebido como fútil, irão de achar um cara bacana, antenado nos assuntos da moda e que ainda tem opiniões inteligentes.

 
A conclusão sobre explorar ou não os hypes é de vocês...
cicarelli

Particularmente, a Papo de Homem não se preocupa com os hypes, nosso foco é produzir conteúdo de qualidade para o universo masculino. É legal falar das novidades e do que está acontecendo hoje, mas sempre seguindo as três dicas que coloquei acima. Assim o artigo poderá ser lido daqui a seis meses e permanecer interessante.

Gostaria de convidar para participar dessa conversa o Celso Júnior, o Sall, o Donizetti, o Bruno e o Inagaki e o Melo. E um abraço ao Noronha por me convidar.

Ah, não entendeu o porque do título desse texto? Estou apenas explorando o hype. ;D


publicado em 26 de Julho de 2007, 12:56
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura