Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Onde investir em 2009

Feliz 2009 a todos leitores da PdH. Após todas as comemorações e consequente recuperação dos eventuais excessos, mais um ano se inicia. Com isso costuma vir aquela vontade enorme de planejar, imaginando o ano que temos pela frente e como ele será melhor do que o ano que passou.

O que é maravilhoso nisso é que podemos garantir um novo ano muito melhor do que o anterior de forma muito simples:

  • Faça duas listas, uma das coisas boas e outra das coisas ruins que aconteceram no ano passado. Coloque nestas listas apenas os resultados de suas ações pessoais, não golpes de sorte ou tragédias aleatórias.
  • Analise cada lista anotando o que você pode fazer em 2009 para que aconteçam mais coisas da primeira lista e menos da segunda.
  • Aja em 2009 de acordo com o que acabaste de escrever :-)

Ok, chega desse papo de auto-ajuda, afinal, não foi para isso que você clicou neste artigo...

Dinheiro não nasce em árvore, mas investir já é um começo
Dinheiro não nasce em árvore, mas investir já é um começo

Em 2009 invista em EDUCAÇÃO.

O ano passado terminou com uma crise global sem precedentes. Os impactos desta crise ainda não chegaram de verdade ao Brasil. A queda da Bolsa que assistimos é apenas uma reação imediata ao que está acontecendo nos países onde a crise se originou, o que faz com que os investidores destas nações tenham a tendência natural de concentrar seus investimentos perto de sí. Ou seja, muito dinheiro estrangeiro saiu do país, especialmente da Bolsa, de forma muito rápida.

É uma pena não contar com uma bola de cristal. Infelizmente não poderei fazer previsões para este ano. Mas vou afirmar que estamos no início de tudo isto e que a única maneira de navegarmos as incertezas que virão é aprendendo como funciona o jogo do dinheiro.

A bola de cristal que sempre quis ter...
A bola de cristal que sempre quis ter...

As opções de investimento não costumam ser muitas, nem são tão difíceis de escolher. Falando de investimentos relativamente passivos, ou seja, aqueles que fazemos de forma mensal e automática, acompanhando e balanceando de tempos em tempos (anualmente), todos sabemos que:

  • Poupança serve para guardar aquele dinheiro necessário para cobrir qualquer emergência que possa acontecer e para iniciar nosso pé-de-meia. Além de ter garantias para valores até R$ 60.000.
  • Fundos DI ou de renda fixa, assim como o Tesouro Direto, pagam bons rendimentos e são bastante seguros, podendo ser usados para valores que planejamos usar daqui a algum tempo não muito longo, como uma viagem, por exemplo. Ou a troca do carro. Costumam render mais do que a poupança.
  • Imóveis tradicionalmente são adquiridos como uma garantia de patrimônio e para gerar renda através de aluguéis. Valorizam ao longo do tempo e geram renda. Podemos investir neles de forma mensal usando estratégias como a explicada no artigo Como investir em imóveis mais rápido do que você acredita ser possível.
  • Ações devem ser adquiridas visando o longo prazo, pois em períodos mais curtos podem sofrer grandes oscilações. Devemos escolher empresas sólidas nas quais confiamos, empresas que acreditamos que irão crescer durante os próximos anos.

O problema que ocorre é que grande parte das pessoas não tira o tempo necessário para pensar no que é importante para seu futuro, nem fazem qualquer planejamento.

Vamos a um rápido teste:

  • Você anota onde gasta cada real no seu dia a dia?
  • Se anota, separa por categorias? Investimento, saúde, educação, moradia, alimentação, vestuário, lazer, outros?
  • Possui um orçamento mensal que define previamente quanto irá gastar em cada categoria?
  • Separa um percentual específico de TUDO o que ganha, para investimento?
  • Tem uma reserva financeira de pelo menos seis vezes os seus gastos mensais?
  • Paga a fatura integral do seu cartão de crédito?

  •  

Se você respondeu SIM a todas as questões, parabéns. Vá conhecer a Estagiária e Musa Oficial do Pdh. Ou conheça os sete presentes para entrar quente no ano. Se respondeu NÃO a alguma questão, fica de castigo aqui comigo.

Esse ai não passou no teste
Esse ai não passou no teste

Nos próximos artigos iremos caminhar passo a passo através das ferramentas financeiras que nos permitirão aproveitar a vida ao máximo. Não estou falando de atingir o milhão ou coisa parecida, apesar de que se esse é seu sonho, essas ferramentas serão a fundação do seu castelo. Estou falando aqui de atitudes simples que se aplicadas regularmente, com certeza serão a diferença em seu futuro financeiro. E o melhor de tudo, sem gastar muito tempo. Um minuto por dia, mais uns minutos a cada 30 dias. Menos de uma hora por mês, com resultados impressionantes.

Nos vemos semana que vem.

Para quem leu até o final, deixo ainda um "tema de casa". Clique agora mesmo no link abaixo e compre o livro indicado. Custa menos que um almoço em qualquer restaurante decente e com certeza fará toda a diferença no seu futuro, seja você iniciante, seja experiente. Eu mesmo releio este livro no mínimo uma vez ao ano, desde 2002.

O Homem Mais Rico da Babilônia - Aproveite que está em promoção no Submarino. Enquanto eu escrevo este post, custa R$ 16,50. Bem menos do que os 29,90 que custavam há alguns dias e que já era extremamente barato. Seu futuro financeiro agradecerá, tenha certeza.


publicado em 15 de Janeiro de 2009, 19:00
32bf018aa82744e220879cafbd5e37ad?s=130

Fabricio Stefani Peruzzo

Fabricio Stefani Peruzzo é empresário e investidor. Financeiramente independente desde os 35 anos, ajuda as pessoas na trilha da independência financeira e construção de patrimônio. Saiba mais em http://www.peruzzo.org e http://www.investimentoemimovel.com.br


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura