Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

Os conselhos de Renato Gaúcho

Renato Portaluppi, ou Renato Gaúcho, é destaque da Revista ESPN de abril. Renato parece bem à vontade. E cheio de marra, como não podia ser diferente. Conhecido pelas inúmeras noitadas e fugas da concentração – uma, inclusive, que rendeu corte da Copa do Mundo de 1986. Renato deixa claro que, mesmo dormindo pouco, nunca comprometeu em campo ou teve problemas de peso.

O Charlie Sheen brasileiro nascido no Rio Grande do Sul

“Tem que bater ponto. Tem que garantir no gramado. Lá fora, o jogador faz o que quer. Mas dentro de campo, tem que jogar bola e ele ganha bem pra isso. Eu saia? Saia. Mas domingo a torcida gritava meu nome”, argumentou. Na entrevista concedida à revista, Renato revelou dar conselhos aos jogadores em relação à fama de jogador.

E que belo conselho.

Alerto que o que muitas mulheres mais querem hoje em dia é engravidar de um jogador de futebol. Mas tem que passar o trator. Elas querem dar, tem que comer.

O fato é que Renato jamais negou a fama de mulherengo. Ainda nessa entrevista, esclareceu casos extraconjugais e muita loucura na época de boleiro.

“Já tive a idade desses garotos, e você tem o mundo a teus pés quando joga num time grande. É lógico que fiz muita coisa que não deveria ter feito para a minha esposa. Mas aí entra a fama, a idade, a vontade. Daqui a pouco você nem pensa naquilo, mas daí tem 15 na tua frente querendo te dar. Não é fácil” (...)“Vou falar para um jogador meu não transar? Claro que não. Não sou eu que vou proibir. Agora, na hora de casar, aí sim. Ou o cara é esperto, ou o cara se fode. É esse o conselho que eu dou para eles”, conclui.

Link vídeo


publicado em 11 de Abril de 2011, 17:23
File

Fred Fagundes

Fred Fagundes é gremista, gaúcho e bagual reprodutor. Já foi office boy, operador de CPD e diagramador de jornal. Considera futebol cultura. É maragato, jornalista e dono das melhores vagas em estacionamentos. Autor do "Top10Basf". Twitter: @fagundes.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura