A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Os multimilionários do futebol e algumas considerações

Em 1995 Romário retornou ao Flamengo como herói. Principal destaque da conquista do Tetra e eleito melhor do mundo pela FIFA, deixou o poderoso Barcelona para retornar ao Brasil com o incrível salário de...

U$62 mil.

Como na época o real e o dólar estavam emparelhados, o salário era de R$62 mil.

Ronaldinho Gaúcho parou o Rio e lotou o centro de treinamento do Flamengo em comemoração digna de final de campeonato. Veio pra Gávea ganhar não menos do que R$1,3 MILHÃO por mês, até o final de seu contrato em 2014. Com contratos publicitários, a cifra cresce.

O Romário de 95 hoje ganharia umas 20x a mais, sem exageros.

Neymar ganha R$500 mil por mês. Ganso leva R$130 mil e sua empresa está em guerra com o Santos em busca de aumento. Ronaldo fatura mais de R$1 milhão/mês, somente com seu salário.

"Porra!  Mas que merda de mundo injusto!"

Não adianta ficar esbravejando no bar. Por trás dessa revolução do marketing financeiro do mercado da bola, estão poderosos agentes e uma estrutura que nem sequer ameaço descrever, pra não repetir bobagens.

Indico a reportagem "Os Donos da Bola", do Globo Esporte. Quem acompanhou o portal nessa pré-temporada tem lido ótimos artigos sobre os bastidores das negociações. Recomendo ainda o site português Futebol Finance, onde escontrei essa lista com os 50 maiores salários da bola no mundo. Futebol me parece ser o novo petróleo da mídia, e essa fonte não dá sinais de seca.

Caso tenham boas indicações de leitura a respeito, compartilhem.

Os maiores salários do futebol no Brasil em 2009. Devem estar desatualizados.

1°- Ronaldo* (Corinthians) = R$ 1.133.000

2°- Adriano** (Flamengo) = R$ 362.000

3°- Nilmar*** (Internacional) = R$ 360.000

4°- Fred (Fluminense) = R$ 350.000

5°- Leandro Amaral (Fluminense) = R$ 280.000

6°- Kléber (Cruzeiro) = R$ 280.000

7°- Thiago Neves (Fluminense) = R$ 270.000

8°- Edmílson (Palmeiras) = R$ 240.000

9°- Rogério Ceni (São Paulo) = R$230.000

10°- Washigton (São Paulo) = R$ 220.000

11°- Marcos**** (Palmeiras) = R$ 200.000

12°- D’Alessandro (Internacional) = R$ 200.000

13°- Léo (Santos) = R$ 200.000

14°- Fábio Costa (Santos) = R$ 200.000

15°- Lúcio Flávio (Santos) = R$ 185.000

16°- Kléber (Internacional) = R$ 180.000

17°- Maxi López (Grêmio) = R$ 180.000

18°- Souza (Corinthians) = R$ 175.000

19°- Kléber Pereira (Santos) = R$ 174.000

20°- Fábio (Cruzeiro) = R$ 173.000

21°- William (Corinthians) = R$ 150.000

22°- Kléberson (Flamengo) = R$ 150.000

23°- Carlos Alberto (Vasco) = R$ 150.000

24°- Mozart (Palmeiras) = R$ 140.000

25°- Léo Moura (Flamengo) = R$ 130.000

26°- Acosta (Náutico) = R$ 125.000

27°- Keirrison (Palmeiras) = R$ 120.000

28°- Diego Souza (Palmeiras) = R$ 120.000

29°- Marcelinho Paraíba (CORITIBA) = R$ 120.000

30°- Tcheco (Grêmio) = R$ 120.000

31°- Alex Mineiro (Grêmio) = R$ 120.000

32°- Souza (Grêmio) = R$ 120.000

33°- Fabão (Santos) = R$ 110.000

34°- Emerson (Flamengo) = R$ 110.000

35°- Obina (Palmeiras) = R$ 110.000

36°- Fabiano Eller (Santos) = R$ 100.000

37°- Diego Tardelli (Atlético-MG) = R$ 90.000

38°- Reinaldo (Botafogo) = R$ 90.000

* (80% são valores do patrocínio da manga e calção)

** (162 mil do Flamengo + % dos produtos da Olympikus)

*** (130 mil + um milhão de euros em parcelas anuais)

**** (Pode chegar a R$ 300.000 dependendo do número de partidas jogadas)

Fonte: Revista Placar.


publicado em 14 de Janeiro de 2011, 09:43
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura