Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Perdido no Canadá

Começamos a namorar eu tinha 19 e ela 15.

Pergunta: "Ola Dr. vendo umas de suas respostas, tenho que fazer esta pergunta, mas
primeiro tenho que contar o que rolou.

Começamos a namorar eu tinha 19 e ela 15. Eu era foda, saia p/ a gandaia,
e ela descobria, ia viajar e deixava ela em casa, estas coisas, mas sempre
nos resolvemos, depois de 6 anos de namoro íamos tentar a vida em outro
país.

Com isso, arrumamos toda a papelada, e faltando 1 mês p/ o embarque
ela disse que nao sabia se gostava mais de mim e me pediu um tempo.
Fiquei
louco corri atrás dela por duas semanas, mas depois disso, mesmo chateado
desencanei e fui p/ a guerra.

Quando ela ficou sabendo que eu ia viajar, me ligou querendo reatar e falando que tinha certeza que eu era o homem dela. Eu fui o primeiro homem da vida dela, e ela nessa separação me falava que nao tinha curtido nada, que começamos a namorar muito cedo, e tudo mais.

Mas beleza, reatamos o namoro e viemos embora p/ o Canadá. Tudo estava mil
maravilhas, conseguimos alugar um apê e estávamos vivendo bem e conseguindo
nossos objetivos.

Depois de quase um ano morando juntos, começei a achar ela meio distante
de mim, e comecei a ficar muito ciumento com ela, parecia que eu estava
vendo o mesmo filme que da outra vez. Ela tbm estava estranha comigo e eu
fui conversar e ela pediu um tempo.

E agora eu estava vendo tudo de novo mas fui conversar, e nao deu outra, ela falou que nao gostava mais de mim e tudo mais.

Entao, juntei minhas coisas e fui embora, fiquei fora de casa
uma semana, e ela me ligava todos os dias perguntando onde eu estava
dormindo e se estava comendo.

Ai nao aguentei e fui fdalar com ela, ela nao quis voltar, e falou que se voltassemos naquele momento tudo iria ser como era antes, e falou as mesmas coisas que da outra vez, que nao conhecia nada, nao tinbha visto nada, sei lá.

Agora estou morrendo de amor e não sei o que faço, ela queria um tempo,
mas agora fala que nao quer mais nada comigo, qua nao gosta mais de mim e
que nao quer me dar esperancas.

Mas outro dia fui na casa do tio dela onde esta morando e vi uma foto nossa na cabeceira da cana, fiquei feliz e liguei p/ ela no dia seguinte, mas ela esta me tratando mal, falando coisas p/ me machucar, e que quer que eu seja seu amigo.

Tenho muita vontade de reatar nosso relacionamento, mas nao sei o que
fazer,
nao sei se tenho que dar este tempo p/ ela ou correr atrás do que eu
quero.

Por favor me ajude, estou desesperado, e o pior estou num país que nao e o meu e sem ninguém p/ me desabafar. Às vezes falo com o tio dela que trabalha comigo e ele me fala que ela não quer mais nada comigo, mais sei lá acho tudo muito estranho.

Obrigado"

- Airam

Airam, ia passar direto pelo seu caso. Vou responder somente porque você está perdido e sozinho no meio das geleiras do Canadá e isso é foda.

patos-canadenses
Patos canadenses. Não tem nada a ver com a história, mas ajuda a entrar no clima.

A situação é simples. Você literalmente pegou sua namorada para criar. O início foi cedo e carga foi pesada. Seis anos de namoro é um período muito longo, foi mais tranquilo para você por estar saindo, viajando e traindo ela constantemente - sim, eu sei que você a traiu.

Desenvolvimento de Relações Incompatíveis

Aí começa o problema. Para você o desenvolvimento da relação foi excelente. Podia sair, ir para a gandai, aproveitar a vida, expandir seus horizontes e ainda tinha um porto seguro, sua bela e fiel namoradinha.

Já para ela, a relação se tornou um peso. Sofria de ciúmes, tinha que tolerar suas escapadas e abusos. Foi se tornando cada vez mais submissa e dependente de você de uma maneira nada saudável.

Ir para outro país morarem na mesma casa e sem conhecer ninguém era uma tragédia anunciada. Mas como você habituado a namorar uma mulher que aceita tudo, não enxergou maiores problemas.

Nenhum dos dois sente amor pelo outro, não mais.

"Então, juntei minhas coisas e fui embora, fiquei fora de casa
uma semana, e ela me ligava todos os dias perguntando onde eu estava
dormindo e se estava comendo."

Essa pergunta é clássica. Ela desenvolveu uma ligação de mãe-esposa-submissa com você. A reação natural é fazer essas perguntas vazias.

"liguei p/ ela no dia seguinte, mas ela esta me tratando mal, falando coisas p/ me machucar, e que quer que eu seja seu amigo."

Aham, apesar dos bons momentos, ela tem um enorme rancor acumulado. Você é um lembrete constante de tudo que ela poderia ter feito dos 15 aos 22, e não fez. O pior é que morando no Canadá ela deve estar mais gorda e com a pele mais ressecada, aumentando ainda mais a percepção da "beleza perdida".

Airam, para sua namorada, estar com você significa ser uma mulher tolhida, sem poder de decisão e insegura. Para crescer como pessoa, ela precisa romper esse vínculo. Ela tomou a decisão certa, apesar da demora.

Lembrem-se:

Quando temos uma mulher ao nosso lado, ela precisa crescer junto conosco e vice-versa.

Você não a ama. Está simplesmente carente e confuso ao ter tomado um fora real após tantos anos com a bunda literalmente sentada na cabeça dela.

Meu conselho para você é, termine o que quer que esteja fazendo no Canadá, faça as malas e volte para o Brasil. Ela vai recomeçar a vida e você deve fazer o mesmo, do zero.

Dr. Love, consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas


publicado em 16 de Novembro de 2007, 08:21
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura