Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Primeiro criamos o problema das bikes para depois utilizar a solução dos japoneses

Antes de tudo precisamos criar o "problema" que seria, na verdade, a solução.

Eu adoro esses paradoxos positivos.

Todos estão lutando pelo direito das bicicletas em grandes cidades. Conheço mais o que acontece em São Paulo. Ainda assim, temos poucas pessoas usando bikes como meio de transporte no cotidiano.

Com isso, primeiramente teríamos que criar uma solução para o trânsito e para a mentalidade de quem adora usar carro e zanzar quase parando por horas com apenas uma pessoa no veículo: usar mais a bicicleta para se locomover por espaços menores e utilizar o transporte público. Tá, temos um trilhão de problemas com tudo isso. Mas a meta é essa e, para que chegue a algum lugar, é preciso começar.

Tendo parte da solução, criamos um problema: o excesso de bicicletas estacionadas nas calçadas. Aqueles espaços que conhecemos de filmes americanos ou em fotos da Europa com pequenas hastes de ferro para encaixar o pneu da frente e prender sua magrela. Com o crescimento exponencial de bicicletas rodando, consequentemente teríamos que criar mais espaços para estacioná-las, algo que acontece hoje com os carros, com estacionamentos cobrando cada dia mais carro compensando mais alugar um apartamento minúsculo perto do trabalho do que pagar mensal para estacionar o carro.

Lá no Japão, já há solução para o problema que nem criamos aqui ainda. Não, não estou querendo jogar a ideia de que país deles é melhor que o nosso nem nada disso. Apenas utilizei o recorte de uma situação que estamos bem atrás.

Eles criaram bolsões de estacionamento de bicicletas embaixo da terra, mas tudo automatizado e por demais eficiente. Olha só o vídeo aqui embaixo e já peço desculpas pela abertura ridícula dos nipônicos:

Link YouTube

Com uma abundância de bicicletas e muita falta de espaço, esses estacionamentos de bicicletas estão surgindo em todo o Japão. 

Depois de adquirir uma conta mensal, as bicicletas são sugadas e armazenadas longe de mau tempo e ladrões de bicicleta, além de deixar muito mais espaço para outras coisas tão ou mais importantes.

Agora só precisamos, como disse lá no começo, criar o primeiro problema, afinal, já temos uma nova solução.


publicado em 16 de Junho de 2013, 07:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura