Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 4 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

Que festa daora!

Festa da firma, aquela empolgação, todo mundo no jeito pra curtir a noite inteira... só que não.

Hoje vai ter uma ou duas figuras novas. Talvez mais. Mas vai ter gente nova. E gente nova dá pânico. 

Suas mãos estão limpas e preparadas para os cumprimentos que vêm a seguir. Você vai perguntar nomes dos quais não vai lembrar em alguns minutos e, claro, também vai dar o seu para um monte de pessoas que não fazem a menor questão de guardar o seu.

Mas, calma, ainda há esperança. A comida vai ser boa. Não?

E bebida? Não, também não?

Mas é festa! A gente quer ser legal. Claro que quer. A gente esperou tanto tempo pra finalmente poder se conhecer melhor, ser amigos.

Mas às vezes, é preciso alguém intervir, pra coisa andar. Se você não faz ideia de como seria isso, a resposta está aqui, ó:

Link Vimeo

Igualzinho na vida real.


publicado em 08 de Setembro de 2015, 12:42
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura