Rápido, fácil, gostoso e nutritivo: semana de Comida de Guerrilha #2

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

A primeira semana de comida de guerrilha foi muito bem, tivemos um feedback bom e agora estamos fazendo a parte dois, com um novo cardápio.

No último texto, avisaram pelos comentários que o termo “comida de guerrilha” já tinha sido usado pelo pessoal do Larica Total, mas continuo com este termo porque reflete bem o que propomos:


  • Tem que ser rápido (nenhum dos pratos apresentados leva mais de 30~40 minutos);

  • Tem que ser fácil de fazer (usar o mínimo de panelas e utensílios);

  • Tem que ser apetitoso e nutritivo;

  • Em quantidade suficiente.

Além disso, se você gostar de cozinhar, mas sempre achou muito complicado, o Allan Zaarour escreveu um texto muito legal mostrando algumas dicas bem úteis.

Desta vez, as receitas foram testadas pelo Thiago Pereira, que fez todas as fotos dos pratos.

Domingo: dia de fazer as compras da semana

Primeiro vamos apresentar a lista de compras para que possam seguir todas as receitas. De novo, se você já tiver montado a sua horta em casa, pode riscar alguns dos itens.

Você vai precisar de:


  • frango desfiado;

  • 1 pacote de macarrão de arroz ou milho;

  • 1 sachê de molho de tomate

  • 1 pacote de filé de peito de frango;

  • 1 pacote de queijo parmesão ralado grosso;

  • 1 pacote de Doritos

Você pode escolher os legumes de sua preferência. Aqui vão algumas sugestões:


  • ½ abóbora do tipo moranga;

  • 1 abacate maduro;

  • 1 manga;

  • 1 pedaço de gengibre;

  • ½ kg de tomate;

  • 2 limões;

  • 4 cebolas;

  • 1 cabeça de alho;

  • 1 cenoura;

  • 1 beterraba;

  • repolho;

  • 1 batata ou batata-doce por pessoa;

  • temperos frescos diversos (salsinha, cebolinha, coentro, orégano, sálvia, tomilho, alecrim, manjericão);

Domingo ainda é dia de descanso, então aproveite para relaxar e pensar nisso só na segunda.

Segunda feira: creme de abóbora com frango

IMG_9679

Este é um prato super rápido e fácil que combina com a segunda-feira, pois o que menos queremos nesse dia é mais trabalho ou cobranças.

Para facilitar a sua vida, chegue em casa e faça isso:


  • Cozinhe a abóbora com casca numa panela de pressão;

  • Quando fizer barulho – aquele famoso "tssssh" – conte 5 minutos e desligue;

  • Enquanto a abóbora está cozinhando, prepare um refogado com o frango desfiado, cebola, alho e temperos;

  • Pegue a abóbora que cozinhou, tire a casca – ela solta muito fácil depois de cozida – e bata num liquidificador com um pouco da água do cozimento;

  • Junte o creme batido na panela com o refogado, misture e ao servir polvilhe um pouco de salsinha ou coentro por cima;

Quem quiser pode adicionar um pouco de leite ou requeijão na hora de bater no liquidificador, para ficar mais cremoso.

A versão vegetariana não leva o frango, mas fica tão bom quanto.

Simples, rápido e ainda dá tempo de curtir a novela.

Terça feira: frango socado com purê de batatas

IMG_9690

Na terça-feira já passou aquele ímpeto de cumprir a promessa de fazer regime, de entrar na academia e de se fazer a própria comida. Então, apresentaremos um prato muito saudável, com um cheiro excelente e que fará voltar a vontade de cozinhar.

Se tiver sobrado creme de abóbora do dia anterior, você pode requentá-lo em vez de fazer o purê de batatas.


  • Pegue uma batata por pessoa – pode ser batata-doce, se preferir –, descasque, corte na metade e coloque pra cozinhar em uma panela com água, até que fiquem moles;

  • Enquanto a batata está cozinhando, pegue 1 filé de peito de frango por pessoa (aqui em casa são 2 filés pra mim e um pra Marília);

  • Coloque-os sobre uma superfície plana: tábua, mesa, bancada etc;

  • Tempere um lado com sal e pimenta do reino à gosto;

  • Espalhe alguns temperos por cima que você goste;

  • Jogue um pouco de parmesão ralado por cima também;

  • Bata suavemente com um martelo-de-bife ou rolo-de-macarrão até que os temperos e o queijo estejam bem aderidos à carne;

  • Vire os filés e repita os 4 passos anteriores;

  • As batatas já devem estar cozidas, então escorra a água, amasse as batatas e misture-as com um pouco de leite e sal. Reserve;

  • Aqueça um fio de azeite numa frigideira e coloque os filés socados, cebolas em rodelas, uma pimenta e alguns dentes de alho com casca (1 por pessoa), para fritar;

  • Coloque os temperos e o queijo – que soltou ou não aderiu à carne – na frigideira;

  • Deixe dourar e vire os filés;

Sirva este prato com as cebolas douradas e o suco que ficou na frigideira por cima do purê. O alho deve ser descascado antes de comer e não vai deixar bafo, pode ficar tranquilo.

O preparo deste prato é muito rápido. Dá um tempinho de prepararmos um suco que o acompanha muito bem.

Coloque no liquidificador uma manga madura cortada (sem semente, claro) e um pedacinho de gengibre. Bata tudo e sirva.

Perfeito, não?

Quarta feira: Guacamole com Doritos

IMG_9739

Eu já tinha escolhido este prato quando me dei conta que ele já foi apresentado aqui no Papo de Homem. Então não precisamos reescrevê-lo. Ele já foi muito bem explicado aqui pela Isabella Ianelli. Mas deixo aqui meu comentário: é um prato ridiculamente fácil de preparar.

Sério, não leva mais do que dez minutos e foi selecionado porque combina muito bem a quarta-feira. É rápido, fora do lugar-comum e pode ser degustado enquanto você assiste ao seu jogo de futebol na TV acompanhado dos amigos e de uma cerveja gelada.

Experimente e seus dias de jogo nunca mais serão os mesmos.

Quinta feira: macarrão com molho de tomate caseiro

IMG_9779

Quinta feira é um bom dia pra fazer um macarrão. Geralmente, a gente já está bem cansado da semana e quer algo para repor as energias. Este aqui é bem simples e saboroso.


  • Ferva água numa panela e acrescente o macarrão de arroz ou de milho (atenção o macarrão de arroz rende mais que o macarrão normal, então fique atento às quantidades);

  • Deixe o macarrão na fervura até que fique al dente. Escorra e reserve;

  • Enquanto o macarrão vai ficando pronto, coloque no liquidificador um tomate, uma pimentinha (se você gostar), manjericão, sal, um dente de alho e um pouco de extrato de tomate. Bata tudo junto;

  • Coloque o molho pra ferver numa panela e vá mexendo de vez em quando;

  • Depois que o molho ferver (e ficar mais escuro), coloque o macarrão dentro da panela e misture tudo junto.

Simples, rápido e muito saboroso.

O macarrão de arroz traz uma textura diferente pra esse prato tão conhecido. Acho que você vai gostar.

Sexta feira: sopa de legumes

IMG_9796

Precisa de algo rápido e nutritivo para combater a ressaca da festa que você vai hoje? Este é o seu pedido.


  • Descasque os legumes que você mais gosta (repolho, cenoura, beterraba, batata etc) e pique-os em pedaços grandes;

  • A cebola não entra na etapa acima. Ela será cozida inteira, você só vai ter de remover a casca externa;

  • Faça um refogado com 2 dentes de alho amassados e todos os legumes;

  • Ponha um pouquinho de massa de tomate no refogado (meio sachê);

  • Coloque esse refogado numa panela de pressão com água suficiente para cobrir os legumes. Tempere com sal a gosto.

  • Deixe cozinhar. Quando fizer barulho – "tssssh", lembra? – conte 5 minutos e desligue o fogo.

  • Ao abrir a panela, coloque para ferver e quebre um ovo por pessoa. Não mexa e deixe ferver por mais 5 minutos (ou até que o ovo fique cozido).

Pronto, está feita a sua sopa pra te dar energia pra balada.

Este prato ainda tem a vantagem de você poder se arrumar enquanto os legumes estão cozinhando.

Taí, mais uma semana se alimentando bem de uma forma muito rápida e fácil.

Se vocês tiverem mais sugestões de receitas rápidas podem contar nos comentários que com certeza testaremos. E se vocês fizerem estes pratos, não esqueçam de contar o que acharam.

Bom apetite.

Nota do editor: este texto foi escrito a quatro mãos pelo Marcos Bauch e Marília Cristina. As fotos são do Thiago Pereira.


publicado em 28 de Julho de 2013, 13:58
Fd1af135a54533dd4c276d7f8f35b1d6?s=130

Marcos Bauch

Nascido na Bahia, criado pelo mundo e, atualmente, candango. Burocrata ambiental além de protótipo de atleta. Tem como meta conhecer o mundo inteiro e escreve de vez em quando no seu blog, o De muletas pelo mundo.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: