Re-convocação da Tropa Saco-Roxo – isso inclui você aí entre os 24.537 do RSS

Caros, estamos a 48 horas do fim de mais uma votação histórica para o PapodeHomem.

Fomos indicados para a categoria Melhor Site/Revista Digital de 2010 no YouPix, uma das premiações mais respeitadas do meio web atualmente.

Link YouTube

Nosso histórico, entre vitórias e derrotas

Desde os primórdios, faz parte do DNA da casa a união em momentos de decisão.

E que os mais atentos me lembrem de algum esquecimento.

A importância dessa disputa é conceitual. O PdH, projeto que teve início como blog, evoluiu para o que hoje é um híbrido de revista e portal para o universo masculino. Nos denominar somente como blog não faz mais sentido.

A competição amadureceu, assim como nós. Conheçam os outros a seguir.

A concorrência é fera

Os caras são bons, todos os 4. Vamos de peito aberto e apresentamos, devidamente linkados, cada um deles a vocês:


  • Judão – portal *foda* de cultura pop.

  • Omelete – portal igualmente foda de cultura pop.

  • Rraurl – tudo sobre música, ênfase na cultura eletrônica.

  • IdeaFixa – design, fotografia, ilustração, artes visuais.

Vote aqui!

1. Clicando aqui para escolher o PapodeHomem como Melhor Revista Digital de 2010

2. E dando RT nesse post com o botão lá no alto. Ou então copie e cole o texto abaixo e solte no seu Twitter:

“A votação dos Melhores da Websfera da revista PIX está no ar. Votem no PAPO DE HOMEM para melhor site/revista digital! http://bit.ly/pdhpix

É isso.

Contamos com vocês, tropa. Vamo que vamo!

//

ps: parceiros que já nos ajudaram…

Felipe Neto

Sedentário

Verdade Absoluta

Quem matou a tangerina

Uêba

[UPDATE] Acabou de se juntar a tropa o Nick Ellis do Digital Drops, que está concorrendo a Geek do Ano. Aproveite pra votar nele também tropa!


publicado em 12 de Maio de 2010, 06:09
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura