Reflexões de um Macho Indignado

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Não sou machista, só acho que a mulher tem o seu lugar, em geral perto dos pimpolhos. Juro que não é machismo, mas eu faço questão de sustentar a nossa casa.

Não é que eu bata nela sempre, mas quando ela reclama que eu chego bêbado tarde em casa eu não agüento. "eu dou cama, comida e maquina de lavar pra essa vagabunda me encher o saco?", aí eu não agüento e sento a porrada.

Só sei que depois de uns socos ela esta mais macia e ate chora de amor por mim. Alguns dias, se eu não estiver bêbado demais, ate rola algo mais profundo, entende?

marido-macho
O descanso do homem é um direito divino

Sério, eu amo minha mulher, mas homem não nasceu para ser monogâmico. Sim, isso só se aplica a mim por quê sou eu quem passa o dia inteiro na rua batalhando para pagar o conforto dessa mulher.

Suspeito que tempos atrás era mais fácil sustentar uma casa, mas desde que as empresas passaram a empregar mulheres para fazer serviço de homem os salários se deterioraram. Veja só, hoje há ate mulheres jogando futebol.

Não, isso não é trabalho de mulher. Elas devem sempre ficar em casa, cuidando da cria e não pode reclamar que às vezes dou minhas escapadas.

Veja bem, há três tipos demulher: para ter filhos, para dançar e aquelas que controlam os maridos.

Case com o primeiro tipo, gaste com o segundo e evite o terceiro.


publicado em 27 de Novembro de 2007, 17:43
11143499 10152850853642066 223295243028169436 n

Daniel Bender

Jornalista, Diretor de E-commerce e Caçador de Descontos no 1001 Cupom de Descontos. Sempre disponível para conversar no boteco.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: