Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Revista Forbes lista clubes mais valiosos do mundo

Conhecida por suas tradicionais listas dos homens e empresários mais ricos, a revista americana Forbes publicou nesta semana um ranking com os clubes esportivos mais valiosos do mundo. Entre os diversos esportes avaliados, variando desde futebol, futebol americano, Fórmula 1, basquete e baseball, o título de time mais valioso ficou com o Manchester United.

Com uma receita anual de US$ 459 milhões e com cerca de 333 milhões de torcedores pelo mundo, o clube da tradicional família Glazer tem um valor estimado de cerca de US$1.83 bilhões, segundo a revista. Apesar de sua inigualável geração de receita, o Manchester peca na hora de mostrar resultado. Na última temporada inglesa, por exemplo, o clube venceu apenas a Carling Cup, o menos relevante dos cinco campeonatos que disputou.

Mesmo assim, o clube lidera a lista com folga, já que o segundo colocado, o time de futebol americano Dallas Cowboys, aparece com um valor estimado de US$1.65 bilhões, quase 200 milhões a menos do que os ingleses. Não muito longe dali, em terceiro, ficou o time de baseball New York Yankees, que, segundo a Forbes, vale US$1.6 bilhões.

Pelo menos o ano não passou em branco para o time de Rooney.

O segundo time de futebol a aparecer é o Real Madri, ocupando a sexta posição. Já seu rival Barcelona, cujo novo presidente declarou esta semana que, mesmo vencendo o Campeonato Espanhol, teve um prejuízo de cerca de 77 milhões de euros na temporada, aparece apenas em 25º lugar.

Na Fórmula 1, a equipe que lidera a lista não é a mesma que lidera o campeonato deste ano. A Ferrari ocupa a 16ª posi­ção no ranking, enquanto a McLaren ficou apenas em 42 º lugar.

O que impressiona na lista é o grande número de times de futebol americano e sua incrível capacidade de gerar receita, já que o esporte é apreciado apenas nos EUA.

Clubes brasileiros no ranking? Bem, todos nós sabemos que não.

Confira a lista da Forbes:

1 - Manchester United - US$ 1,83 bilhão

2 - Dallas Cowboys (NFL) - US$ 1,65 bilhão

3 - New York Yankees (MLB) - US$ 1,6 bilhão

4 - Washington Redskins (NFL) - US$ 1,55 bilhão

5 - New England Patriots (NFL) - US$ 1,36 bilhão

6 - Real Madrid - US$ 1,32 bilhão

7 - New York Giants (NFL) - US$ 1,18 bilhão

8 - Arsenal - US$ 1,18 bilhão

9 - New York Jets (NFL) - US$ 1,17 bilhão

10 - Houston Texans (NFL) - US$ 1,15 bilhão

16 - Ferrari (F1) - US$ 1,05 bilhão

25 - Barcelona - US$ 1 bilhão

27 - Bayern de Munique - US$ 990 milhões

41 - Liverpool - US$ 822 milhões

42 - McLaren Mercedes (F1) - US$ 805 milhões

43 - Milan - US$ 800 milhões

47 - Juventus - US$ 656 milhões

48 - Chelsea - US$ 646 milhões

49 - Los Angeles Lakers (NBA) - US$ 607 milhões

50 - New York Knicks (NBA) - US$ 586 milhões


publicado em 30 de Julho de 2010, 15:06
E4c14111fbfb81a75b22984e3520ada9?s=130

Thiago Rocha Kiwi

É nosso correspondente em Londres. Jornalista, nascido e criado na selva paulistana, gosta das oportunidades desafiadoras. Apaixonado por informação e conhecimento, enxerga o trabalho como uma forma de evolução e a internet como revolução. No Twitter, @thiagokiwi.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura