A rotina é o hábito de se negar a pensar

21 de Outubro

Há pouco menos de um mês recebemos um convite para participar do projeto Urban Gallery, criado pela Brookfield Incorporações com curadoria da ROJO Magazine.

--

trilha sonora, dê play antes de seguir a leitura. vai por mim.

--

A ideia dos caras foi transformar os longuíssimos tapumes que cercam as áreas onde os prédios da Brookfield são construídos - em locais de tráfego intenso - em expressões na visão de talentos internacionais de arte urbana. Fizeram em SP, Rio, Goiás e Brasília. Mais cores em meio a selvas de concreto.

Fomos um dentre outros 41 convidados para fazer a cobertura dessa ação, que se encerra agora em Novembro. O veículo autor da melhor cobertura leva uma viagem pra Milão, onde vai conhecer a galeria da ROJO. Até aí, é o tipo de proposta que recusamos muitas vezes. Oras, temos um milhão de leitores por mês, "vamos dar exposição gratuita pra marcas?? te fuder, manolo!" seria o pensamento inicial. No entanto, o time de cabrones aqui tem uma tendência a gostar de ideias intrigantes. E de repente fomos fisgados pela seguinte provocação...

Como seria uma expressão artística feita pelo PapodeHomem?

Arte é essência, é autenticidade; um olhar perante o mundo. Porra, isso é o que fazemos desde o dia 4 de dezembro de 2006, quando publicamos nosso primeiro artigo.

Lindo, mas entre expedições amazônicas e montanhas de trabalho, a provocação foi pra nossa gaveta de "a fazer" - leia-se, vale encantado das ideias sem prazo...

Corta.

20 de Novembro

Hoje mesmo, um sábado. Algum sopro fez com que a ideia batesse na porta novamente. O detalhe: 20 de Novembro é a data-limite para publicar conteúdo elegível na disputa rumo a Milão. Já havia decidido que nossa cobertura seria atípica. Certamente os outros 41 iriam fazer um excelente trabalho moendo, remoendo e destrinchando tudo que você pode encontrar por conta própria em um desses links.

A cobertura formal...

Facebook Urban Gallery.

Blog Urban Gallery.

O que andam falando sobre Urban Gallery no Twitter...

O documentário.

MOMO. | Foto: Marcela Faé.

Ovni. | Foto: Rodrigo Gorosito.

Flávio Samelo. | Foto: Bia Bonduki.

A não-cobertura Papo de Homem. Agora sim.

Nosso DNA passa por movimento, por ação, vocês bem sabem como procuramos instigar nossa comunidade por meio de socos no estômago. Somos uma revista online inimiga da apatia digital.

Ou seja, resolvemos botar a mão na massa.

Municiados de inspiração farta e do talento manual de nossa garota do Ladies Room, Veronica Gunther, gastamos toda a tarde desse lindo sábado criando a imagem abaixo:

Essa frase é um das força motrizes de nossa filosofia no PdH.

Algumas folhas de A4, impressora, uma fonte bacana, estilete, cartolinas e spray preto - aquela que a molecada usa(va) pra pixar na rua. Junte a isso 4 horas de trabalho tedioso, cuidando para não errar nenhum corte.

A luz do dia estava acabando e com ela a possibilidade de fazer boas imagens. Corremos para nosso novo QG, uma casa antiga que alugamos aqui nas Perdizes. Ainda está sendo reformada, não tem água e precisa ter o sistema elétrico inteiramente refeito, além do piso. Foda-se, seria o local perfeita para a inauguração.

Encontramos uma tábua velha para fazer o teste.

Pixamos.

A tábua, puro resto inútil de construção, se transformou na forma perfeita para nosso experimento. Sua textura deu vida à frase. Pixamos a parede entre a cozinha e os fundos na sequência.

Colocamos a tábua na entrada do QG.

A parede cobaia.

Suados, fomos para o restaurante mexicano no outro lado da rua celebrar a tarde de esforço artístico. Nada saiu exatamente como o planejado, não tivemos o tempo que gostaríamos para criar, e, ao mesmo tempo, era clara a sensação de que tudo aconteceu exatamente como deveria.

Entre goles de breja, pegamos um passante admirando a tábua. Quem diria...

Desejamos inspirar cada um de vocês com essa frase que tanto nos move. Seria nosso projeto das pernas tortas arte? Deixo essa resposta pra vocês.


publicado em 20 de Novembro de 2010, 20:14
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura