A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Screwdriver: Dr. Drinks ensina um drink com ÁCIDO

Atire a primeira pedra quem nunca sentiu vontade de falar tudo que pensa.

Se você atirou, nem perca seu tempo lendo este post, pois ele foi feito para pessoas que de fato falam o que pensam e o fazem da forma mais ácida possível. Hoje falaremos sobre o Screwdriver, coragem e vergonha na cara.

Perdi a conta de quantas vezes vi esse drink ser apresentado como Hi-Fi por "sabichões" querendo dar uma de sofisticados, servindo-o para mulherzinhas iludidas que seriam comidas por um cara culto e inteligente. Hi-Fi é a mistura de refrigerante de laranja com vodka e é apenas uma variante do clássico Screwdriver.

Esse drink não precisa da menor firula, veja aqui no vídeo como fazê-lo:

Link YouTube | Playlist completa com todas as 31 receitas do Dr. Drinks

Receita Dr. Drinks para um bom Screwdriver

Vocês hão de concordar comigo que não precisa ser gênio ou de um grande fato histórico pra misturar vodka com suco de laranja e que isso deve ser quase tão antigo quanto a vodka, já que a laranja deve ter surgido bem antes...

Então vamos falar sobre quando ele ganhou o singelo nome de "chave de fenda": reza a lenda que o drink leva este nome por conta dos engenheiros americanos que trabalhavam nas bases de petróleo da Turquia. Os caras jogavam uma vodka nas latas do suco de laranja que bebiam durante o trabalho e mexiam com suas chaves de fenda, sacou?

Eis que um desses engenheiros teve a brilhante ideia de fazer isso num bar em Istambul porque não tinha uma colher disponível e casualmente havia um correspondente da revista Times no local, que rapidamente se reportou à edição dizendo que a moda entre os americanos por lá era beber uma mistura de vodka com suco de laranja chamada Screwdriver porque eles mexiam com a chave de fenda.

Pra fazer um bom Screwdriver você só precisa de:


  • Um copo highball (copo longo)

  • Gelo

  • Vodka

  • Suco de laranja (de preferência natural e espremido na hora)

Encha o copo de gelo, sirva 60mL de vodka, complete-o com suco de laranja e mexa. Se você for muito purista, mexa-o com uma chave de fenda.

Você ira utilizar aproximadamente 200mL de laranja, o que é a proporção ideal para que o drink fique equilibrado e nenhum sabor se sobressaia. Caso você seja daqueles que acha que essa quantidade de suco é demais, parabéns, você tomará uma bela dose vodka suja com suco de laranja.

A proporção correta apresenta uma característica interessante a esse drink: a maciez da vodka dosando a acidez do suco de laranja. Acidez, vamos falar um pouco sobre isso agora.

"Amor, isso aqui é suco de laranja? Vou beber, ok?"

Show de Truman, o show da vida

Não vou falar do filme do Jim Carrey, mas foi o melhor título que encontrei pra falar de dois personagens que ilustram muito bem o que melhor representa ser ácido na minha opinião por serem um real e um fictício: o escritor americano Truman Capote, cujo drink favorito era Screwdriver (que ele chamava de "meu drink amarelo"), e o médico Dr. House.

Autor americano que teve uma postura sarcástica em relação à própria vida, Capote teve como reflexo disso uma obra literária que o deixou milionário. Na sociedade conservadora dos EUA do começo dos anos 60, Truman Capote, que foi abandonado pela família composta de um pai vigarista e uma mãe sem personalidade, lança In Cold Blood, no qual narra com riqueza de detalhes um assassinato real desde sua concepção até a condenação à morte dos assassinos na forca. O cara deu-se ao trabalho de ir até a cidade onde o crime ocorreu e investigar tudo nos mínimos detalhes. A produção deste livro é o pano de fundo do filme sobre sua vida, Capote, de 2005 (Oscar de melhor ator para Philip Seymour Hoffman). A riqueza de detalhes com a qual esse homem, perturbado e excluído desde criança, emprega no livro é tão incisiva a ponto de ser desconfortante.

E assim, com essa postura de abrir ainda mais as chagas de uma sociedade que se preparava para saber quem era Charles Manson, Capote destilava todo seu veneno indo na direção oposta ao americano médio, calando a boca de todos preconceituosos sem a menor delicadeza e ainda com requintes de crueldade. Outro bom exemplo de seu sarcasmo é a bela Holly Golightly, personagem principal de Bonequinha de Luxo: fútil, linda e que usa sua beleza pra viver na vida boa. Nessa época, o mundo descobria Marilyn Monroe, amiga de Truman.

Link YouTube | Audrey Hepburn interpretando Holly Golightly

House: sarcasmo, ironia e acidez

Dostoyevsky dizia que o sarcasmo é "o último refúgio dos modestos e virtuosos quando a privacidade das suas almas é invadida vulgar e intrusivamente". Existe definição melhor para Dr. House?

Lembro da primeira vez que assisti ao seriado, fiquei revoltado com a insolência de Gregory House ao mesmo tempo que admirei demais sua postura firme em relação à vida – porque tem de ser muito seguro de si pra tripudiar sobre seus superiores, subordinados e sobre o melhor amigo como ele faz.

Já ouvi uma porção de gente delicada dizendo que House tem problemas de auto-estima e que esse seria o motivo para seu sarcasmo, mas na real a história é bem diferente: ele vê as fraquezas das pessoas estampadas em suas faces medíocres e hipócritas. House representa o ideal de sinceridade, fala o que pensa e da forma mais dolorosa possível, pois assim suas "vítimas" sentem mais o peso de serem guiadas por um alter-ego carregado de hipocrisia que acha sexo sujo, que diz que todos devem amar a todos e que não devemos ter preconceitos.

O problema maior não é ter preconceitos, mas sim fingir que não os temos, pois isso eleva muito o nível de mentiras que contamos a nós mesmos e assim vamos nos tornando uma bola de neve de coisas que nunca quisemos ser. Por  aceitarmos o senso comum, para não contrariar o inconsciente popular, deixamos de ser nós mesmos e lidar com o que existe, seja para manter ou para transformar.

Isso é visível a cada episódio: Wilson mentindo para si mesmo, se esforçando para ser um homem comum que vive atormentado por fantasmas morais e House sem o menor dó de alfinetar quem quer que seja e nunca preocupado com o que acham ou vão achar dele. Ele simplesmente é. Ele verdadeiramente é.

Distribua rosas com acúleos

E você, já teve coragem de não ser simplesmente simpático? Já reagiu a uma situação sem os filtros morais que normalmente impedem nossa verdadeira natureza de se manifestar? Já teve coragem de ser você mesmo?

E por último: sabe o que são acúleos?

Link YouTube

Dr. Drinks por um dia... Já enviou fotos e vídeos?

Mandem fotos ou vídeos dos drinks que vocês têm criado, pois estou fazendo um post especial só com receitas de leitores (para sair daqui a duas semanas) e quero muito mostrar o que vocês andam aprontando.

Quem quiser seguir o Dr. Drinks no Twitter, meu perfil é @juniorwm. Vocês também podem entrar em contato comigo pelo email drdrinks@papodehomem.com.br.


publicado em 30 de Abril de 2010, 08:19
63c64bb52a2d6969065166dcd39cd9b8?s=130

Junior WM

Um grande apreciador de história e histórias. Vive a vida de forma que seja lembrada como honrada e humana. Ama os prazeres da vida e sua família. Escreve sobre passar pelo mundo com dignidade e alegria. Contribui com a revolução digital por acreditar em seu caráter humanitário e num mundo melhor.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura