A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Sindicato Feminino

Eu não sou muito de lançar polêmicas, mas de vez em quando não resisto.

Me expliquem, se conseguirem, a tal lógica da famosa "greve de sexo" que as mulheres tentam sempre impingir aos homens, como forma de chantagem. Como é possível, que em pleno século XXI, ainda haja quem caia nessa palhaçada?

É que eu ouvi dizer por aí que as mulheres de hoje em dia (sim, porque as de antigamente eram diferentes) até têm um tal de Ponto G, que (acreditem ou não) têm orgasmos.

- Mytho, você disse "orgasmos"?

- Sim, eu disse orgasmos!!! - que às vezes são até múltiplos, e existem até mesmo aquelas mulheres (desavergonhadas) que admitem gostar de sexo! Será verdade? É que não parece! Greve de sexo? Faça-me o favor, sua safada!

Eu, particularmente, gosto de ter relações íntimas com alguém que também queira tê-las comigo. Não sei se todo mundo é assim, mas eu sou.

Quando eu ouço uma mulher dizendo "então sem sexo pra você durante 1 mês", na verdade o que eu entendo é "eu faço sexo com você por favor, e neste momento você não merece sexo (que só você gosta, porque pra mim tanto faz), e portanto não vai tê-lo até eu decidir voltar a fazer o favor de me entregar a você".

greve-sexo
Agora eu vou fazer sexo com... err... ahm... minhas amigas!! o_O

Pra mim não, muito obrigado.

Pega nessa preciosidade toda aí, guarda numa caixinha, tranca, deixa mofar, porque eu sou do contra, e no que depender de mim, isso aí vai criar teia de aranha, mofo, fungo, cogumelo (que é um fungo, eu sei), uma família de pombas vai se mudar para aí, e daqui a milhares de anos vão encontrar um fóssil daquela que será a descoberta do século:

Mulher da Idade da Internet morreu ao parir uma família de pombas!

Mal saberiam eles que era tudo um mal entendido devido a uma greve besta de uma pessoa besta.

Eu sei que tem gente pensando "ah meu, mas homem tem mais vontade. Homem tá sempre no cio, homem quer sempre, a mulher vence pelo cansaço."

Essa idéia é caricata demais pro meu gosto e para mim é tão realista como "mulher que atinge o orgasmo está possuída pelo demo". Homem quer sempre com quem também quer com ele. Se o cara estiver ali e por um momento sentir que a sua parceira não está "na onda" dele, você pode ter certeza que o rendimento cai na hora.

O cara vai começar a pensar "porra, ela não tá gostando. Ela tá com sono... peraí, ela acabou de tirar uma catota do nariz???"

tiger-sex
Dá pra mostrar um pouquinho mais de prazer?

Quando o cara é jovem, ainda consegue continuar na raiva. Mas com a idade, esse tipo de evento resulta em uma bela duma broxada, ou simplesmente em um final feliz, mas não tão feliz assim.

Normalmente a base da chantagem, enquanto conceito, é você ameaçar fazer algo que para você tanto faz, mas que para a outra pessoa importa muito. Acredite, se você me enviar a mensagem que para você tanto faz ter relações comigo como não ter, na mesma hora vai deixar de me importar muito e eu vou querer mais é que você morra virgem.

Utilize outras formas de chantagem, como por exemplo jogar fora aquele par de tênis confortáveis que eu já uso há 12 anos, deixar de fazer aquela massagem nas costas, ou qualquer outra coisa que não implique "eu não me interesso por você".

--

Observação: A mulé não fez greve de sexo, e este post foi apenas motivado pelo que eu vejo acontecendo com outras pessoas. É apenas mais um de meus devaneios aleatórios, daqueles que acontecem sem quê nem pra quê. Se eu quisesse mandar mensagem pra ela, não seria por aqui. Eu prezo meus dentes. =D


publicado em 14 de Outubro de 2008, 10:35
57890507da64fa1bbd1d025925a9949e?s=130

Mytho Leal

Além de ter grande talento para a escrita, Mytho atualmente se encontra perdido na Europa, onde tenta ficar mais rico e atualiza seu blog.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura