Sonho de uma leitora...

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

Há algumas semanas, trombei com um pitoresco reply no Twitter. Uma leitora havia sonhado conosco.

Wtf?!

Certamente influenciado pela minhas obcecadas leituras recentes a respeito de sonhos lúcidos - alguém mais se interessa nisso? caso sim, podemos fazer um artigo destrinchando -, travei contato com a moça e pedi para que nos narrasse a tal aventura onírica. Aí vai.

O relato de Brenda

Olá,
primeiro vamos situar essa história e minha relação (que só existe na minha cabeça) com o PapodeHomem. Sou fisioterapeuta recém formada, louca por redes sociais, apesar de não entender nada delas. Conheci o PdH através do twitter de da @drish (melhor amiga da vida), desde então sou leitora assídua de vocês.
Ano passado, quando escolheram novos colunistas passei de leitora a tiete com orgulho pois o Danilo Freire, um dos escolhidos, é meu amigo. Isto posto, posso começar com o sonho... digo de antemão que não há nada de muito extraordinário além da sua total falta de contexto com a realidade!
O sonho
Cá está a dama

Por qualquer razão obscura o Danilo andava por ai com algumas fotos minhas, com se fosse um book meu; o mais próximo de modelo/manequim que já cheguei foi durante a infância, quando era abordada em lugares públicos por ser a "menininha linda e ruiva que ia fazer muito sucesso nos comerciais". Essa pseudo vontade de ser atriz de comerciais foi logo podada pela minha mãe que nunca levou essa idéia a sério e jamais permitira que eu perdesse dias letivos e ela de trabalho para me acompanhar nos testes.
Voltando ao sonho, o Danilo mostrou meu book ao Gitti, que inexplicavelmente se empolgou com as fotos (adoraria me lembrar do conteúdo dessas imagens). Então o próprio Gitti começou a saga para me convencer a fazer um ensaio fotográfico pro PdH com um tema bucólico numa espécie de casarão abandonado, que se assemelhava muito com uma casa de festas na Granja Viana.
Veja bem, nunca sonhei com fama e exposição, a não ser que fosse pelo meu trabalho como fisioterapeuta. E sinceramente não faço o tipo modelo, sou baixinha, pernudinha, bundudinha e pra completar, ruiva. Bem fora do estereótipo Gisele ou Panicat. Enfim, fui convencida a fazer as tais fotos, e lá estava eu num ambiente bucólico e ao mesmo tempo decadente, toda diva, sendo paparicada por todos, e aprendendo a ser modelo, arrasando nos cílios postiços e no cabelão (meu cabelo é curto). O telefone da minha casa toca, eu acordo quando o ensaio se torna mais sensual... Pena, perdi a melhor parte do meu próprio sonho!
Era isso. Nada de muito impressionante, mas foi bem divertido escrever a respeito.
Beijos!
Brenda ou @brepola ;)

Hmm, gosto de pensar que esse ensaio sensual num ambiente bucólico terminaria mais ou menos assim:

Link vídeo

Iria direto pro Apimentadas.


publicado em 07 de Abril de 2011, 11:47
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: