Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Spotlight – Segredos Revelados, o filme que só quer a verdade

Crítica do filme Spotlight – Segredos Revelados, com Michael Keaton, Mark Ruffalo e Rachel McAdams

Será que, no mundo, ainda há espaço para o jornalismo investigativo? Spotlight - Segredos Revelados nos faz essa pergunta ao contar a história de uma reportagem vencedora do prêmio Pulitzer, feita pelo jornal Boston Globe no começo dos anos 2000.

Tudo gira em torno da investigação de um possível escândalo de pedofilia na Igreja em Boston, uma cidade majoritariamente católica em um país de maioria protestante. Sóbrio em ritmo e cores, o filme segue bem a cartilha de drama de jornalismo investigativo sem arroubos, mas focado em chegar na luz da verdade. Personagens dedicados, profissionais incansáveis em suas buscas, atuações na medida feitas pelo ótimo elenco escalado: Michael Keaton, Mark Ruffalo, Rachel McAdamsLiev SchreiberStanley Tucci e John Slattery

A direção de Tom McCarthy, que também é ator e chegou a ser um - veja só - repórter na ótima série The Wire, é boa. Ele repete a trilha sonora, a cada investida, um piano melancólico denotando que não é um trabalho imediatista, apressado como as notícias descartáveis produzidas nos dias de hoje. É preciso esperar e é preciso bater na mesma tecla. A grande homenagem ao jornalismo está aí, na gratificação depois de tempos de trabalho que nem de longe lembra aventura ou adrenalina, não se trata da questão de viver algo intenso ou ter um reconhecimento de celebridade após a descoberta, mas apenas a chegada seca aos fatos. 

O pedido é claro: revermos a maneira com que o jornalismo é feito em épocas de Internet, o imediatismo, a celebrização de quem coloca notícias e opiniões no ar, a pasteurização que muitas vezes é associada com a morte do impresso, como se hoje, na rede, não houvesse espaço ou disposição e paciência para realizações como esta, de caráter a maior importância e de consequências reais e globais.

Estamos falando de uma ofensiva contra a Igreja Católica, uma das instituições mais poderosas, complexas e cheias de mistério que conhecemos. Sua onipresença é mostrada todo o tempo, com conversas, entrevistas e deslocamentos feitos, à pé ou de carro, sempre com uma capela ou catedral como fundo. Não há como escapar dos olhos e braços dela. E ainda assim houve sucesso.

Link YouTube

Em Spotlight, McCarthy não quer entregar algo bem aparentado, emocional. Ele quer somente a verdade.

E não dá para não ver beleza nisso. Desculpa, amigo.


publicado em 26 de Janeiro de 2016, 00:10
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura