Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 4 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

Tatuagem: o acervo incrível de referências do @blackworkers

Um cara abriu essa conta no Instagram que junta tatuagens feitas em preto e branco.

E daí um cara de Alberta, no Canadá, teve a ideia simples e muito boa de "catalogar" tatuagens pretas em um perfil de Instagram.

Acabou criando o @blackworkers, espaço em que tatuadores mostram seus trabalhos no preto e no branco.

E tem trampo bem variado, caras que pesam na tinta e outros de traços delicados. É uma base de pesquisa boa justamente pelo crivo bom de qualidade das tatuagens, mas bem abrangente nos estilos. Dá pra passar bons minutos caçando ótimos artistas lá dentro.

 

Tattoo by @strange_dust #blackworkers #blackworkers_tattoo #tattoo #bw #blackwork #blacktattoo

A photo posted by ➕BLACKWORKERS➕ (@blackworkers) on

 

Tattoo by @jonald_juck #blackworkers #blackworkers_tattoo #tattoo #bw #blackwork #blacktattoo

A photo posted by ➕BLACKWORKERS➕ (@blackworkers) on

 

Top 9 of 2015. #thankyou for the support #bestnine #bestnine2015

A photo posted by ➕BLACKWORKERS➕ (@blackworkers) on

 

Tem gente do mundo inteirinho, inclusive do Brasil. Um acervo bem foda pra se ter referências para tatuagens futuras, para ver o que está sendo feito ao redor do planeta com a tinta preta na pele.

Qual gostou mais? Entra no Instagram deles e bota aqui a que achou mais interessante.


publicado em 25 de Fevereiro de 2016, 10:45
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura