A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Tem um homem dando dinheiro na rua, chamem a polícia!

"Quais os limites para a manifestação de felicidade?"

Parece até uma pergunta imbecil, mas é o que pensei quando vi esta notícia. Um homem aposentou-se e, de tão feliz, foi em direção à "Rua da Alegria" (Frohsinnstrasse), na cidade de Aschaffenburg, na Alemanha para... dar dinheiro! Colocou uma placa em seu pescoço com os dizeres:

"Não sou desempregado ou sem-teto. Tenho esposa. Estou bem. É por isso que eu quero te dar um euro".

Não foi tão simples quanto pode parecer.

Presentear sem razão é crime?

Verdinhas? Desapeguei. | Flickr: Netfalls

O mais interessante é observar como somos incrédulos. As reações foram de espanto, alguns achavam se tratar de um golpe. Um deles chegou ao extremo de chamar a polícia, supondo que o aposentado estivesse aplicando algum tipo de golpe. Felizmente, não existe nenhuma lei que proíba alguém de dar seu próprio dinheiro a estranhos e o homem continuou livre.

Você já tentou presentear um desconhecido, na rua? Sofreu algum tipo de represália? Certa vez, pensaram que eu era um ladrão, quando me aproximei pra dar uma rosa a uma estranha.

Que tal começarmos a oferecer alguns presentes a desconhecidos por aí? Nem precisa ser dinheiro, mas acho que já vai dar nó na cabeça de muita gente.

--

Fonte: G1


publicado em 12 de Setembro de 2010, 10:54
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura