Última chamada para interessados em levar um Samsung Galaxy Tab

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

O Gitti convocou nessa shot. Então já sabem, temos dois Samsung Galaxy Tab exclusivos para os leitores da casa.

A participação ocorre pela página do PdH no Facebook, basta clicar em “Participar” aqui.

Nas últimas semanas a quantidade de fãs em nossa página praticamente dobrou. "E isso gera algum resultado útil?", vocês perguntam. Sim, gera. Era nossa intenção descobrir como explorar melhor o Facebook e quais suas diferenças em relação a plataformas como o Twitter. Por conta disso finalizei a leitura do excelente Efeito Facebook semana passada. O livro mergulha fundo na organização, nas complexas rodadas de investimento e traça um perfil mais denso de Zuckerberg.

Alguns insights:


  • As visitas provenientes do Facebook passam mais tempo do que a média por aqui (cerca de 3 minutos e meio).

  • A tirinha logo abaixo teve 200 likes e 80 comentários no Facebook. Obteve apenas 5 RTs.

  • Quando publicamos nossos artigos no Facebook, temos resultados variados. Discussões profundas não se mostram muito populares. Temas mais quentes conseguem melhor recepção.

  • Facebook se consolida com laços de confiança, com pessoas reais trocando indicações e conteúdos relevantes.

  • Twitter, por sua vez, parece se firmar como uma plataforma de broadcast (transmissão), sem os mesmos laços de confiança.

Funciona de um lado, naufraga do outro

Faz sentido pra vocês? Quais diferenças, qualidades e defeitos notam nas plataformas sociais da web, atualmente?

Por fim, saibam que esse é o derradeiro aviso sobre a promoção Samsung.


publicado em 18 de Maio de 2011, 14:01
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: