E se a gente direcionasse mais de nossa atenção para conteúdos que realmente importam? | Vale seu tempo #1

Já deu de euforia por saber que estamos a seis graus de separação de qualquer pessoa e disseminar inspiração e risadas e ideias e uaus e indignações e boatos e selfies apenas por disseminar.

Deu de "curtir" histericamente, de bater no peito com orgulho por ser da zoeira, desse papo sacal de você é o que você compartilha.

Começa hoje uma série colaborativa de ativismo contra a nossa imensa capacidade de perder tempo de nossas vidas ingerindo conteúdo indiscriminadamente.

Ao invés de juntar "os links mais legais, bombados e LOLzeiros da semana", separamos conteúdos que, aspiramos, possam beneficiar as vidas de vocês e de outras pessoas; links que sejam referências de trabalhos sólidos, de boas ideias, pessoas, projetos e artigos. Em resumo, temos o profundo desejo de não aumentar o ruído na web e usar seu potencial para o florescimento humano.

Como manter a sanidade e navegar em meio à sobrecarga de informação?
Como manter a sanidade e navegar em meio à sobrecarga de informação?

Mais do que disseminar ideias, está na hora de usar nossa atenção (que é bem menor do que gostamos de pensar) e entender seu valor (é bem maior do que o facebook te faz crer) com maior crivo e lucidez.

A partir dessa visão, pedimos a diferentes pessoas que fazem o PapodeHomem para recomendar um único link. Eis nossa seleção.

O que valeu nosso tempo essa semana:

Fabio Rodrigues recomenda que você assista Matthieu Ricard  — Ph.D. em genética molecular, escritor, fotógrafo e monge budista — falando sobre felicidade genuína no TED. Legendas em português disponíveis.

Luciano Ribeiro recomenda o site Apartment Therapy por ser uma coleção gigantesca de dicas, guias e artigos sobre como aproveitar coisas que iriam para o lixo, otimizar o espaço ou dar aquele grau na apresentação da sua casa. Graças ao "Deixa que eu faço", coluna mão na massa do PapodeHomem, ele mergulhou em projetos e tutoriais de projetos Do It Yourself.

Jader Pires recomenda esse texto do Washington Post sobre suicídio e a responsabilidade que temos com todo o tipo de conteúdo que passamos para frente (sobre a morte do Robin Williams e a imagem que foi amplamente disseminada do "gênio, você está livre").

Ismael dos Anjos recomenda o vídeo feito pelo pessoal do Coletivo Imaginário que mostra como se dá o processo de construção compartilhada de uma comunidade, e oferece esperança e perspectivas de caminho pra quem acredita em espaços feitos por e para pessoas. "A cidade devia ser assim. As pessoas deviam tomar decisões e ter direito aos espaços como a gente tem. Isso aqui é um pedacinho do céu" — é assim que Poliana Souza resume a ocupação urbana Eliana Silva, que atende mais de 280 famílias de Belo Horizonte.

Rodrigo Cambiaghi recomenda esse vídeo, em inglês, para quem deseja entender por que Candy Crush, Clash of Clans e outros jogos de celulares sugam tanto tempo de sua vida.

→ Eu recomendo o texto "Pai: vantagens e desvantagens de um dos aplicativos mais usados no mundo", pra quem é, aspira ser ou tem um.

Agora lanço a vocês, o que valeu o seu tempo essa semana?

Deixe um único link nos comentários, com um breve contexto.

Por mais que o título do artigo e da série possam soar ousados, não temos a pretensão de dizer, sozinhos, o que de fato interessa. Não se preocupe em errar ou acertar, a ideia é cocriar com a comunidade o senso do que são os conteúdos que realmente importam. Apenas estamos cansados de ver, em destaque absoluto, toneladas daquilo que não nos ajuda em nada.

Vamos escolher um dos links sugeridos nos comentários para ser incluído em nossa newsletter semanal com o melhor do PapodeHomem, que sai toda terça às 9am. Essa newsletter é nossa curadoria com o que oferecemos de melhor por aqui e o que vimos de melhor em outros sites.

Caso deseje se juntar às 35.549 pessoas que já assinam nossa newsletter, cá está a toca do coelho.

Mais sobre o conceito economia de atenção:


publicado em 15 de Agosto de 2014, 19:15
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura