Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

VF - We can Believe in

Acredito que a doutrina VF possa de fato ser comparada com o TAO, mas de uma forma mais atual. Web 2.0? Talvez.

VF é sobre a busca constante da felicidade e do equilíbrio da rotina com espontaneidade, isso significa que posso estar feliz e à vontade com algo simples como um bom café na Oscar freire numa terça-feira a tarde ou então acreditar que uma segunda-feira está com cara de sexta (porque não?) e aproveitar para uma caminhada em Ipanema usando minha sunga favorita.

As coisas surgem naturalmente, é apenas uma questão de aproveitar o momento e dividir com aqueles que ficam felizes em saber que você está de fato se curtindo. A diferença é que com 50 anos eu já consigo equacionar para que tudo que eu gostaria de fazer, seja feito e bem feito. Eu apenas sigo minha intuição, realizo e compartilho através do http://twitter.com/vitorfasano

vitor-fasano2vitor-fasano3
vitor-fasano
Não teria como escolher 7 momentos. Seria injusto privilegiar um entre tantos outros bons.

Acho que é isso. Agora preciso voltar para o barco-hotel que estou hospedado, pois haverá uma festa com personalidades tribais e espero amanhecer num bom deck de madeira maciça dançando com amigos queridos.

E fica a frase que aprendi com meu querido Gianfresco Guarnieri, e serve até hoje de norte para minha vida:

"Faz do mundo o teu quintal".

Encerro com essa dica valiosa para os leitores do Papo de Homem.

VF

---

Nota do Editor:Fiz contato com Vitor Fasano e o convidei para escrever um texto na PdH. Sugeri o tema 7 momentos marcantes de Vitor Fasano como pauta. O resultado? VF pleno, pela primeira vez além dos limites do Twitter.

Não entendeu? Clica aqui.


publicado em 25 de Julho de 2008, 13:32
177817541706ca54ead5f67afbd9971a?s=130

Vitor Fasano

Eu gosto de me curtir.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura