Você sabe comprar bem?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Falamos sobre a enorme quantidade de pessoas que financia suas faturas de cartão de crédito. Falamos também do grande número de pessoas que recorre aos financiamentos e empréstimos nos bancos. Por trás destas atitudes está o ímpeto de comprar, de possuir e, algumas vezes, de ostentar.

Auto-controle é fundamental

Muitas vezes, nem as compras essenciais são sabiamente feitas e as pequenas diferenças é que despedaçam o orçamento mensal. Então, você sabe comprar?

Separei algumas perguntas simples mas que podem ajudá-lo no dia-a-dia e principalmente na economia e melhor aproveitamento do seu dinheiro. Muitas vezes pagamos mais porque não pedimos desconto ou porque não pesquisamos em mais um ou dois lugares. Além disso, é preciso saber que um bom negócio nunca consiste em fechar pelo preço anunciado, mas pelo que você conseguir chegar depois de reclamar um desconto ou abatimento.

Você tem o costume de pedir desconto? E de pesquisar?

Procure as melhores liquidações

Isso significa saber negociar. Uma dica: chegue sem muitas pretensões de comprar o produto, demonstre menos interesse do que gostaria e deixe o vendedor tentar conquistá-lo. Se você se mostrar muito afoito para comprar algo, ele será o primeiro a perceber que pode cobrar mais. Depois de negociar, peça sempre mais desconto e procure pagar à vista. Se a sua negociação for parar na mesa do gerente, é porque você está chegando no preço justo.

Gosta de comprar tudo que é novidade?

Por acaso alguém lembra o preço do primeiro iPod no Brasil?

Cuidado, os novos produtos sempre trazem margens maiores, uma vez que revendas e fornecedor não sabem ao certo a reação do público. Evite ao máximo tais lançamentos.

Você sabe quanto pode gastar?

A maioria das pessoas não possui nenhum tipo de controle de receitas e despesas, e isso faz com suas compras sejam baseadas apenas nos desejos e vontades e não no fluxo de caixa mensal. Portanto, organize-se antes de sair às compras de maneira que saiba quanto pode gastar sem ferir seu orçamento. É simples: se você tem dinheiro para pagar as prestações de algo que quer comprar, tem dinheiro para economizar e comprá-lo depois de certo tempo, pagando à vista. Certo?

Mais sobre orçamento, clique aqui.

Repare que são dicas simples, muitas vezes óbvias. Qual o problema então? É o gosto pela complicação e pela “sensação de liberdade”. O orçamento bem feito engessa e mostra, sem dó, onde está o “ralo”. Preferimos não enxergar a aceitar que aquilo é nossa responsabilidade. Pense nisso. Um abraço e até a próxima.

PS: Que tal se você pudesse comprar os ovos de Páscoa com até 12 parcelas? Claro, com muitos juros! É uma facilidade que vai deixá-lo tão feliz, que vai lembrar da Páscoa até o Natal. Tudo porque as pessoas não querem planejar, colocar o dedo na ferida. Não está acreditando na notícia? Então clique aqui.

Conrado Navarro é autor convidado da PapodeHomem e autor do blog Dinheirama , com excelentes dicas sobre como fazer sua conta bancária crescer todo mês.


publicado em 08 de Abril de 2007, 11:55
105700e7627ca06f3d54f41734306af4?s=130

Conrado Navarro

Empresário, Investidor, Educador Financeiro, tem MBA em Finanças pela UNIFEI. Sócio-fundador do Dinheirama.com, autor dos livros “Vamos falar de dinheiro?” (Novatec) e "Dinheirama" (Blogbooks). No Twitter: @Navarro.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: