Onde homens que aspiram crescer se encontram? No "Homens Possíveis 2017". Vem ver a programação e garantir seu ingresso. É 09/12, sábado.

Você está viciado em celular? 4 sintomas e 4 pequenas ajudas

Obsessão e dependência do aparelho celular, claro, é bem grave e, infelizmente, comum. Vamos tentar ajudar

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x50 jpg
  • 130x50 jpg

Não tem nem muita firula quando o assunto é esse. Estamos cada vez mais dependentes do nosso aparelho celular, dos nossos smartphones. Pode parecer bem óbvio, mas vale muito ressaltar que, no mesmo tanto que essa tecnologia veio para nos ajudar, veio para nos atrapalhar. Vai da gente mesmo saber operar nossa mente para que uma coisa fique e a outra não.

A Go Outside pegou de uma matéria da versão gringa deles essa conversa sobre vício em celulares e colocou quatro sintomas e quatro práticas que podem nos auxiliar a ter uma melhor relação com os nossos telefones.

Sintomas de vício em celular

  • Vibrações-fantasma: Sentir o celular vibrar no bolso quando na verdade isso não está acontecendo.
  • Efeito tetris: Adormecer com imagens de um jogo ou mídia social na cabeça, ao invés de com a mente tranquila.
  • Checadinhas no meio da noite: Levantar para ir ao banheiro às duas da manhã e não resistir à tentação de ver o celular.
  • Ansiedade por quietude: Esperar em uma fila sem olhar para o celular te deixa desconfortável.

Práticas simples para reverter a distração digital crônica

O que os olhos não veem o coração não sente: 

Tire seu telefone do seu campo de visão (por exemplo, fora da sala onde você está tentando trabalhar, e fora do seu quarto à noite). Esta medida reduz o apelo do celular sobre você imediatamente.

Agende tempo sem o celular: 

Estabeleça regras rígidas para algumas atividades durante as quais você vai deixar o celular fora de seu campo de visão.

Por exemplo: na academia, durante uma caminhada, durante uma sessão de trabalho focado, assistindo TV com o seu parceiro e, talvez mais importantde de todos, quando você estiver dormindo.

Monitore o uso: 

Alguns aplicativos, como o Moment, registram quanto tempo você passa no celular e te informam sobre as características do seu uso (horários mais acessados, por exemplo).

Manhãs sem tecnologia: 

Durante a primeira meia hora após acordar, não interaja com a tecnologia. Em vez disso, use este tempo para planejar seu dia, e se entregue a um ritual matutino como fazer café, meditar, praticar yoga ou trabalhar concentrado.

* * *

Leitura complementar:

O nosso percurso Para começar a meditar;

A rara virtude do ostracismo ativo;

Porque a internet tem tanto ruído.


publicado em 13 de Setembro de 2017, 00:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e editor do Papo de Homem. Seu livro de contos é o Ela Prefere as Uvas Verdes. Está no Facebook, no Instagram e escreve semanalmente sua newsletter, a Meio-Fio, com contos/crônicas e uma curadoria cultural todas às sextas, direto no seu e-mail.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: