A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Você não enriquecerá economizando no cafezinho

Você certamente já leu sobre isso em algum livro, site ou de um amigo que tentou lhe explicar o assunto. Provavelmente tenha visto isso junto de tabelas que mostravam que o dinheiro economizado em pequenos gastos diários, como tomar o café da manhã em casa e não na padaria, viraria uma fortuna se aplicado a juros compostos ao longo de trinta ou mais anos.

Hoje quero deixar uma coisa bastante clara:

Você não enriquecerá economizando no cafezinho!

Só o que você conseguirá com esta atitude é viver infeliz.

Você acorda todas as manhã para ir trabalhar. Gosta tanto dos seus lençóis que acordar mais cedo para preparar seu café em casa não passa pela sua cabeça. Além disso, tomar café em casa significaria abrir mão de acompanhar na cafeteria aquela colega de trabalho de quem você tanto gosta.

Você quer enriquecer. Lê muito sobre o assunto. E em todo o lugar sempre aparecem aquelas famigeradas tabelas de juros compostos mostrando a fortuna que você joga fora todos os dias no café da manhã. Até que um dia você cede e finalmente corta de sua vida “aquela atitude horrível que o estava impedindo de enriquecer”. Você abandona o café da manhã com os colegas de trabalho.

garota-bebendo-cafe
Não só economize no seu: pague o dela também | Crédito: Sami Paige

Sabe o que acontece a seguir? Você abandonou um de seus pequenos prazeres diários e no final das contas não está guardando mensalmente o valor economizado com isso, pois os valores são tão pequenos que acabam escorrendo de suas mãos em outros pequenos gastos. Mesmo que você seja um poço de disciplina e esteja realmente colocando em um cofrinho, diariamente, o dinheiro do cafezinho, certamente você não continuará fazendo isso pelos próximos 30 anos!

Divirta-se com o processo, não espere pelo resultado

Aproveite sua caminhada para a riqueza. De que adianta viver se tivermos que abrir mão de todos nossos pequenos prazeres? Para que enriquecer se não podemos nem tomar um cafezinho com os amigos todas as manhãs?

O caminho para a riqueza exige esforço sério, disciplina e dedicação constantes. É um caminho que pode ser trilhado por qualquer um, independente de sexo, raça, idade ou classe social, mas não um caminho que possa ser percorrido para quem não está preparado para fazer o necessário.

Ao escolher buscar a riqueza você escolhe abrir mão de muitas coisas hoje para poder usufruir de bem mais daqui alguns anos. Significa viver a verdade, mostrar quem você é, não quem você gostaria de aparentar ser.

Abra mão hoje do que fará diferença significativa no seu futuro e permita-se alguns pequenos prazeres que tornem esta caminhada menos árdua. Abra mão da troca do carro, mas tome seu cafezinho diário. Foque em qualidade de vida, não em aparência. Se você for mulher, evite de comprar aquela bolsa linda e cara, mas continue indo semanalmente ao salão fazer as unhas.

Do que você abriria mão hoje para ter muito mais amanhã?

E o que é realmente essencial em sua vida que não há como deixar de gastar com regularidade?


publicado em 16 de Setembro de 2009, 17:04
32bf018aa82744e220879cafbd5e37ad?s=130

Fabricio Stefani Peruzzo

Fabricio Stefani Peruzzo é empresário e investidor. Financeiramente independente desde os 35 anos, ajuda as pessoas na trilha da independência financeira e construção de patrimônio. Saiba mais em http://www.peruzzo.org e http://www.investimentoemimovel.com.br


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura