Conheça Ruy Freitas, comentador Top 3# do Yahoo Respostas

Como será alimentar uma das maiores redes de perguntas e respostas aleatórias do país?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Gosto de comer tijolo de vez em quando, faz mal a saúde?

Se você mandasse uma dessas numa roda de amigos ou no almoço de domingo, provavelmente ia receber alguns olhares, chacota e talvez um apelidinho (aê, o pedreiro vem hoje?). Mas há um lugar na internê em que essa pergunta é possível. Mais que isso, ela é necessária. Tô falando do Yahoo! Respostas, o reddit tupiniquim (nas devidas proporções), espaço de libertação onde qualquer pessoa com sanidade pode perguntar como colocar o umbigo para dentro.

Em 2005, o Yahoo! lançou seu site de perguntas e respostas nos Estados Unidos, com a proposta de fomentar a troca de conhecimento, tipo um Wikipédia dinâmico e em tempo real. Em 2006, o Yahoo! Respostas chega ao Brasil, ano em que o mundo estava chegando a 1 bilhão de usuários (hoje são 3,2 bilhões) e o vídeo Evolution of Dance, do comediante Judson Laipply, era o mais acessado do Youtube.

Foi nesse contexto em que o Y/R aterrissou, logo recebendo doses fortes de HUE Br e se transformando num lugarzinho de tretas, trollagem e informação bizarra. Enquanto uns perguntavam: quanto tempo isso vai durar?, outros perguntavam: é feio a mulher chegar na cozinha e ver o seu love cozinhando nu, para fazer uma surpresa pra ela?

O Brasil é hoje o segundo país que mais interage no site, ficando atrás apenas dos EUA. Cada ação de um usuário no Y/R gera uma pontuação, que no fim das contas não vale prêmio nem porra nenhuma, mas reforça o caráter de importância e a credibilidade de um usuário. Apenas cadastrar-se no site já garante 100 pontos. Fazer uma pergunta, por exemplo, equivale a -5, responder 2. Excluir uma resposta tira 2 pontos do usuário, entrar uma vez por dia 1, escolher a melhor resposta para sua pergunta te dá 3 pontos e assim por diante.

Apesar das perguntas e respostas bizarras, tem muita gente que leva o negócio a sério. É o caso da galera do top 10, que possui status de celebridades do Y/R e que, como todo ser humano perseguido pela fama, entram em reclusão de vez em quando.

Por isso, vibrei muito quando consegui trocar uma ideia com o RuyLFreitas, um tiozão gente fina pra caramba e que continua como 3º colocado no Yahoo! Respostas, mesmo tendo desativado sua conta há seis meses.

Afinal, todo mundo sabe que você também entra nesse saite no calor da madrugada.

Prazer, Ruy

Em primeiro lugar, é verdade que você já foi Top 1# do Yahoo! Respostas? Durante quanto tempo?

Sim! E ainda me encontro em terceiro lugar no ranking brasileiro. O tempo foi mais ou menos uns 4 anos. Por incrível que pareça, só fui saber que era líder quando um usuário, muito amigo (chamado Paulo Messias), me comunicou.

Você tem conta no site desde quando?

Eu entrei em 08/07/2006.

Por que você resolveu sair do Y/R? Conta um pouco os detalhes dessa história.

Saí por divergir da equipe do Y/R. Eles acabaram com o site ao inventar o anonimato. Ora! Veja só. Supondo que eu faça uma pergunta no anonimato com o meu fake, exemplo: "Qual o maior líder Espiritual até a presente data?" Aí eu respondo, anonimamente ou não que "foi a serpente do paraíso, Kkkkkkk." Aí eu escolho eu mesmo. É mole? Não dá né?

O Yahoo! tem algum relacionamento com usuários do Top 10? Eles mandam mensagens pra vocês, entram em contato, vocês recebem algum retorno financeiro?

Tem sim! Conversamos normalmente, mas nada de planejamentos ilícitos. Nenhum retorno financeiro. O que existe é muita vaidade, por estar no Top 10 (uma das razões da minha saída).

Entendi. E você é profissional de qual área? Como consegue responder tantas perguntas de tantos temas e assuntos diferentes? 

Sou apenas um Espiritista, que muito estudou diversas matérias. Comecei a bisbilhotar a Parapsicologia, depois a Psicologia. Depois vi os erros da Bíblia chamada de Sagrada.  Daí mergulhei fundo na existência de Deus, reencarnação, qual tenho minhas dúvidas, explico a você:

Não é por uma pessoa num êxtase começar a falar Inglês que ela seja a reencarnação de um falecido da Inglaterra. Note bem! Um sujeito começa a assistir filmes ingleses, certo? Análise: Ele ouviu e leu. Tal pessoa pode falar um inglês até de certa forma fluente, por estar tudo no subconsciente, deu pra entender?

Quanto a Deus, descobri milhares deles, então o ceticismo tomou conta de mim (mais uma razão do abandono).

O que te motivou a participar e continuar respondendo no Y/R? Como foi a transição de 'quero participar desse site' e 'caramba, eu sou o Top 01# disso aqui'?

Na época creio que houve uma alegria mesclada à vaidade, não posso negar. Não sou hipócrita.

Você é um cara com quantos anos? Mora em qual cidade?

Estou com 65 anos e moro em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

Seu perfil mostra que você tem 18860 respostas e 790 perguntas. Dá pra dizer que você é um cara com mais certezas do que dúvidas?

Justamente! Porém, tinha mais perguntas e respostas, mas foram excluídas pelos fanáticos, pois falar e indagar verdades é o mesmo que apontar um revolver para a própria cabeça, ok?

Qual foi a pergunta mais bizarra que você já teve que responder?

Foram duas: “Será que estou grávida?” E a outra: “Quem nasceu primeiro! O ovo ou a galinha?” Sabemos que foi o ovo, já que no período de evolução já estavam tomando formas de galinha, mas ainda não eram galinhas.

Qual pergunta você gostaria de responder e ninguém nunca te fez?

Esta: "seria prova de reencarnação caso uma pessoa fale inglês fluentemente?"

Qual o seu maior medo?

A velhice. Não temo a morte, apenas me preocupa o jeito que acontecerá. Trago um pensamento comigo há mais de 30 anos: mais vale ter um fim horroroso do que ter uma vida de horror sem fim.

Se você pudesse eleger as três pessoas mais inteligentes do mundo, quem seriam?

Albert Einstein, Carl Sagan e Neil de Grasse Tyson

Agora, pra finalizar, gostaria que você deixasse para o Y/R. O que você diria se pudesse falar diretamente com o responsável pelo site?

Pra eles nada, mas para os usuários sim! Vocês reclamam de guerras, mas não buscam a Paz; que muito mais é importante. Quanto aos ataques quais desferidos ao Espiritismo, garanto que o Espiritismo nem se abala. Porém, vocês se deixam desnortearem-se e desequilibrarem-se. Simplesmente não responda aos detratores do Espiritismo, melhor a fazer nesses casos são as indiferenças. Façam indagações para edificar e não para inclinar, machucar, ferir, sacudir com a fé dos outros. Estou no Space Amigos, vem para cá também! Não guardem ressentimentos e sim, dó dos quais escolheram a fileira do mal.

Prefiro não falar dos maus usuários e sim daqueles quais eu admiro, servindo tanto para eles quanto pra elas. O usuário que mais admiro é aquele que une, e não divide. Que não precisa usar meios ilícitos para receber as “Melhores Respostas”. Aquele que não me persegue através do ódio febril, por ser de outra religião, doutrina ou não ter religião, seja Agnóstico, Deísta, Livre Pensador ou Ateu. Aquele que não envenena a outro usuário perante a comunidade. Que sabe ganhar ou perder valorizando a causa. Que preocupa-se ensinar e aprender, não é hipócrita.

O usuário que mais admiro é aquele qual não teme expor suas opiniões, mesmo que não venham agradar a quem indaga. Aquele que respeita a todos usuários. Indaga dentro de sua racionalidade e personalidade, mesmo contrário a minha. Aquele que não oculta sua verdadeira identidade para atacar a outro(s) usuário(s).

O usuário que mais admiro é aquele que pode estar na minha rede ou fora dela, mas que jamais deixou de ser meu amigo. Aquele(a) que diz ser meu ou minha admirador(a), mesmo sabendo que será negativado(a) por muitos que se acham ainda serem verdadeiros religiosos. O usuário que mais admiro é aquele que realmente é (meu, minha) amigo(a), e não faz simetria com um dragão – que trama com quem me odeia a traição, daí me oferta sorrisos e palavras gentis, torcendo pra me ver de costas ou, me abraçar carinhosamente com um punhal em cada mão. 

Por estarem dentro disto, não se admirem, por terem a minha admiração.


publicado em 27 de Julho de 2016, 11:31
1pdwpgh

Giovanni Arceno

Giovanni Arceno é estudante de jornalismo. Tem mais amor pela literatura que amor próprio.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: