Zach Galifianakis, "Between Two Ferns" e o melhor talk-show do mundo

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Se beber não case foi sem sombra de dúvidas um daqueles filmes que nos ensinaram muita coisa. Uma das grandes lições que nós pudemos tirar – e não falo de coisas óbvias como “você não deve mexer com o tigre do Mike Tyson” ou “esteja sempre preparado para que caras nus saiam de dentro do porta-malas do seu carro” – é a de que devemos prestar mais atenção em Zach Galifianakis.

Sim, o gordinho. Sim, o da matilha de um lobo só. Sim, o que perguntava se o cometa Halley já tinha passado.

Porque além de ter roubado a cena no filme, atuar ao lado de Jason Schwartzman e Ted Danson em Bored to Death (umas das poucas séries que eu recomendaria pra qualquer pessoa na face da Terra) e ter participado de uma antológica cena em Jimmy Bolha, uma das comédias que marcaram a minha adolescência, ele também é o apresentador do melhor talk-show da atualidade, Between Two Ferns ("Entre duas samambaias"), no Funny or Die.

Você tem de ter a manha para zoar com uma mulher dessas.

Nesse programa, sem periodicidade definida, Galifianakis faz tudo aquilo que esperamos de um bom host de talk-show: hostiliza seus convidados, faz perguntas pessoais sem objetivos claros, interrompe declarações emocionadas com propagandas de videogame, usa o espaço para merchandising da forma menos sutil possível e tenta fazer com que o entrevistado toque as suas virilhas pra testar se ele sente cócegas.

Esqueça o seu Jô Soares, esqueça o seu David Letterman, esqueça o seu Jay Leno. O futuro dos talk-shows está aqui. E tem um homem adulto fantasiado de Speed Stick parado do lado dele.

Entrevista com Michael Cera

Link vídeo

Entrevista com Charlize Theron

Link vídeo

Entrevista com Bruce Willis

Link vídeo


publicado em 11 de Março de 2011, 10:27
Selfie casa antiga

João Baldi Jr.

João Baldi Jr. é jornalista, roteirista iniciante e o cara que separa as brigas da turma do deixa disso. Gosta de pão de queijo, futebol, comédia romântica. Não gosta de falsidade, gente que fica parada na porta do metrô, quando molha a barra da calça na poça d'água. Escreve no (www.justwrapped.me/) e discute diariamente os grandes temas - pagode, flamengo, geopolítica contemporânea e modernidade líquida. No Twitter, é o (@joaoluisjr)


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: