[18+] Bom Dia, Vic Aguiar

A Vic foi fotografada pelo Matheus Morais

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Nota editorial: estamos em busca de Bom dias com homens e com mais diversidade de corpos e peles — aqui explicamos em mais detalhes o contexto atual da série, suas origens, obstáculos e nossa visão de futuro para ela. Se você é fotógrafo(a) ou tem um ensaio que deseja publicar, fale conosco pelo jader@papodehomem.com.br.

* * *

Em meio a severas cobranças sobre meu corpo e algumas crises de autoestima, um amigo me chamou para tirar umas fotos. O ensaio anterior me deu dúvidas por eu nunca achar que meu corpo conseguiria representar tanto quando o dela representou, e significar o que significou pra ela e que, junto das minhas próprias cobranças sobre como eu colocaria tudo aquilo a qual eu estava insatisfeita numa foto, me trouxe um milhão de sentimentos. Conversa vai e conversa vem, acabei por me inspirar no próprio sentimento do fotógrafo que tinha um propósito lindo a respeito dos ensaios. 

Fiz com a ideia de ser algo natural, cotidiano e meu. 

 

 

 

 

E esse amigo, o Matheus, me deu esse ensaio.

Que mais do que meu é para mim. Que me fez entender que o natural tá bem além do cenário. O natural são minhas curvas, sejam elas quantas forem. São minhas imperfeições, os erros. Que é o que me faz eu. Feliz hoje, não só com a pessoa que eu sou mas também com o corpo que eu carrego. Sou feminista e sempre adorei falar disso.

Pedir desconstruções, incentivar outras garotas. Mas a mais difícil dessas desconstruções é a feita com a gente mesmo. Temos de aprender a ser-nos, com amor. Aprender admirar nosso corpo, como mulheres, como orgânico e não como profano.

O nu é libertador.​

As fotos são do Matheus Mirais.

 

 

 

 

 

 

 

Boa semana a todos.


publicado em 26 de Junho de 2017, 00:00
Captura de tela 2017 04 17 as 17 54 23 png

Vic Aguiar

É estudante de psicologia e mora em Uberaba, Minas Gerais.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: