Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

A vingança de Hugh Hefner

Hugh Hefner decidiu casar. Convidou para ser sua noiva a linda capa de julho Crystal Harris. Ela aceitou. Eles anunciaram o evento. A mídia divulgou. A moça, nos acréscimos, mudou de idéia. Hugh Hefner, the Hugh FuckingHefner, ficaria calado?

É claro que não.

A desistência de Crystal Harris foi anunciada cinco dias antes da cerimônia. Sem dar muitas explicações, ela apenas comentou que precisava pensar melhor no futuro e que via em Hugh um bom amigo. O criador da Playboy preferiu o silêncio. Seu único comentário foi via Twitter:

"O casamento está cancelado. Crystal mudou de ideia".

A história já estava esfriando quando Hefner, num ato claramente motivado por causa de um coração partido, decidiu mandar colar o seguinte adesivo em todas as capas da Playboy de julho:

"Noiva fugitiva nesta edição"

A fúria foi tanta que, segundo o TMZ, Hefner mandou os editores darem um jeito de estampar o adesivo, inclusive, nas milhares de edições que já haviam sido despachadas. Foi o que aconteceu. As revistas com a capa sem o adesivo já estão sendo consideradas valiosíssimas entre os colecionadores.

Termina assim uma história de amor. E surge mais um belo case de marketing promocional.


publicado em 16 de Junho de 2011, 16:29
File

Fred Fagundes

Fred Fagundes é gremista, gaúcho e bagual reprodutor. Já foi office boy, operador de CPD e diagramador de jornal. Considera futebol cultura. É maragato, jornalista e dono das melhores vagas em estacionamentos. Autor do "Top10Basf". Twitter: @fagundes.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura