Antalogia, o que é e como se faz

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Antologias são coleções de trabalhos literários, geralmente poesia ou outro tipo de literatura de mulherzinha, mas isto não interessa aqui. A antalogia de que trata este post é uma ciência obscura e misteriosa que, apesar de sua pouca fama, é exercida por quase toda a população mundial com afinco.

Antalogia (substantivo feminino): 1. a ciência de falar como uma anta 2. verborragia 3. asneira sem sentido ou fundamento.

Há inúmeros casos antalógicos registrados. Destaco uma frase de uma produtora cultural numa entrevista para a Folha de São Paulo na semana passada.

“O Brasil não tem uma cultura como a Índia, que de norte a sul é tudo igual.”

Foi uma asneira tão grande que mereceu até um post no melhor blog do universo conhecido - exceto o Acre.

Mas vem cá, isso é ciência?

Convenhamos, se astrologia é ciência para um punhado de malucos porque antalogia não seria para nós machos de respeito?

Num mundo em que economia, direito e comunicação social são consideradas ciências cultas e racionais, não haveria sentido caso a antalogia não fosse reconhecida como tal. O castigo por tal atrocidade racional seria a destruição da civilização em uma nuvem de lógica e metafísica.

E não queremos isso, certo?

Como exercer a antalogia

Para exercer a obscura ciência da antalogia é simples, não sendo necessário um mapa astral, calculadora científica ou mesmo, suprema heresia, um cooler de cerveja. Basta conhecimento e raciocínio lógico para detectar as idiotices na hora em que nascem.

No exemplo da produtora cultural, se você não entendeu, a frase é uma asneira colossal porque na Índia há MUITO mais diversidade cultural do que praticamente todos os outros países do mundo. Neste quesito o Brasil que é fraco, não a Índia.

caminho_das_indias_1
“A Índia fica pertinho do Projac, quase na Lapa. Não?” – Ator Anônimo, Manual Completo da Antalogia, Ed. Globo

Após a detecção, que pode até durar alguns minutos dependendo das dimensões da baboseira, é necessário que o antalogista diga bem claramente:

“Ei, isso que você falou não tem o mínimo sentido por isso, isso e mais aquilo…”

No meu caso, que vou passar longe do cinema nos próximos meses o melhor lugar mesmo é usar o blog, tuíter e homem-cartaz para tirar uma de gênio sócio-político-geográfico.

Asneiras são democráticas

Como a antalogia é uma ciência séria, sua autocrítica é mais desenvolvida do que o ego do Silvio Santos. Assim, os praticantes desta renomada técnica sabem que eventualmente cometerão verborragia.

Neste caso, não se desespere. Torça para que um de seus interlocutores seja um irmão antalogista e tire sarro da sua cara conforme manda o manual. Lembre-se de rir bem alto nestes momentos.

A duas regras da antalogia:

1 - todo mundo fala besteira, o que diferencia é a frequência e o alcance;

2 - ninguém é intocável, apenas eu.


publicado em 17 de Junho de 2009, 18:56
11143499 10152850853642066 223295243028169436 n

Daniel Bender

Jornalista, Diretor de E-commerce e Caçador de Descontos no 1001 Cupom de Descontos. Sempre disponível para conversar no boteco.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: