Bichos escrotos

Pergunta: "Oi, Drº Love, fui casada por 8 anos e depois descobri que meu esposo estava me traindo."

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

Pergunta: "Oi , Drº Love, então fui casada por 08 anos e depois descobri que meu
esposo estava me traíndo, mas ele só me confessou que estava me traindo
porque a amante dele engravidou  e exigiu dele que assumisse ela e o filho.

Ele aceitou, abandonou nosso lar, eu  e nossa filha de 6 anos, sofri muito
no começo, mas depois de um tempo aprendi a viver só com minha filha.

E agora já faz dois anos e meio que nos separámos e ele vive me ligando e querendo
sair comigo de novo, indo em minha casa sem avisar e tentando ficar comigo,
mas não quero mais.

Preciso me livrar de uma vez por todas dele, não quero ele
assim pois ele vive com outra mulher até hoje, mas na verdade vivem numa
situação meio complicada, brigas, ciúmes que ela tem dele comigo.

Tenho atração sexual por ele, mas não o amo mais para viver junto... que
conselho vc me daria nesta situação?"

- Maria

Minha querida,

alguma coisa acontece com os homens. Quando eles se encontram presos em relacionamentos estáveis por circunstâncias alheias à sua vontade, são acometidos por um doloroso tédio, usualmente seguido de desmotivação profunda.

perdido-floresta
Estar perdido não é desculpa para agir como um babaca

É uma das muitas encruzilhadas pelas quais passamos ao longo da vida. Temos as opções de nos reiventarmos, de redescobrir a união ao lado da pessoa que amamos ou então de simplesmente surtar.

O surto pode se manifestar de diferentes formas. Mas sempre tem o objetivo de mostrar nossa força a ninguém mais além de nos mesmos. Precisamos nos sentir vivos. Mais, nos sentir capazes, guerreiros.

É como se aproximar de uma floresta escura, na qual se deve entrar sozinho e ficar o quanto seja necessário para se encontrar o caminho de saída, que deve ser necessariamente distinto do caminho de entrada.

Essa pequena jornada é cíclica e fundamental. Eu, você e todo o resto de macacos falantes presentes nesse mundo passamos por isso. O seu ex cônjuge passou por isso. E se perdeu em algum lugar da floresta.

Sem rumo, abriu mão da própria hombridade e aplicou em você a clássica combinação soco na cara, dedo no cú e chute no saco. Te humilhou e violentou da pior maneira possível, com o agravante de machucar a própria filha.

Você teve a força para superar a tragédia e seguir em frente com sua pequena. Esteja certa de que te admiro por isso. Mas ele continua tão perdido quanto antes, no papel padrão do homem que trai por completa falta de recursos emocionais. Quando finalmente se dá conta do que fez e não enxerga luz além das árvores, corre como um menino, em busca do abrigo anterior.

Maria, não ceda em hipótese alguma.

Se ele aparecer na sua casa de novo ou te ligar, pegue o seu celular e ligue para a mulher dele e diga o que acabou de acontecer, pra fuder mesmo. Quando ele te procurar, seja clara e afirme que o único contato que deseja com ele é a cordialidade necessária para não prejudicar a filha de vocês. Caso ele insista, procure um advogado e tome as medidas cabíveis, restringindo a presença do mancebo ao estritamente necessário.

Homenagem a todos os homens da raça de seu ex-marido





link vídeo

Dr. Love, consultor amoroso com baixa tolerância à fraqueza


publicado em 05 de Fevereiro de 2008, 16:19
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: