Carta de despedida como se deve – com saudade e aventura

Um ciclo se encerra para a Conto Figueira, um outro se abre pra Camila Simielli e o Bruno Passos.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

Há oito anos atrás, a menina da capital e o moleque do interior resolveram abrir uma marca. Largaram seus antigos trabalhos e, com 500 reais, fizeram dez camisas.

Péssimas, tronchas, estranhas. As famílias e os amigos resolveram engrossar o sonho, compraram todas. Eles fizeram mais 20, um pouco menos péssimas, um pouco menos tronchas, as famílias seguiam presenteando Deus e o mundo, os amigos seguiam acreditando e, coleção após coleção, os números foram sendo multiplicados.

Então, o casal sugeriu que não se subestimasse a sensação de abrir um presente, resolveram criar embalagens especiais. Financeiramente estúpidas, simpaticamente divertidas, as caixas foram um sucesso tremendo. Folha, Vogue, Uol, VIP,  Valor, veja lá, até a Bienal de Design!

Neste caminho, muitas coisas deram erradas até acertarmos a mão, e como acertamos! Mas não se engane: não foram nenhuma de nossas conquistas que fizeram tudo isso valer a pena.

O que valeu a pena foi a sensação de estar vivo ao xingar um fornecedor atrasado, ao finalizar uma coleção fantástica e ao receber os inúmeros elogios de muitos de vocês. Foi notar que não temos nenhum controle sobre a vida, mas que ela também não tem nenhum controle sobre nós.

Oito anos depois, o inesperado resolveu tocar novamente a campainha. Fomos chamados para conhecer novos lugares, a fazer novas apostas, a viver uma vida inesperada e pulsante.

2018 marca o abraço apertado deste casal em sua marca, em seus clientes que se tornaram amigos, em seus amigos que se tornaram clientes. Marca um frio na barriga e a sensação de que, tudo que foi feito até aqui, foi com um tesão monumental. É emocionante se despedir da nossa Conto Figueira, que tanto nos tirou e que muito mais nos deu.

A partir de 2019, Bruno Passos e eu também deixaremos de escrever sobre Moda e Estilo aqui no Papo de Homem.

Nosso comprometimento com a coluna estava alinhado com a nossa atividade profissional, uma vez que éramos proprietários da Conto Figueira, uma marca de moda masculina.

Pois sim, amigos. No dia 31 de dezembro de 2018, a Conto fechará um ciclo. Deixaremos para trás nossa confecção e mergulharemos em uma grande aventura.

Fomos convidados para fazer algumas expedições de pintura aqui e ao redor do mundo e, quando grandes oportunidades batem a porta, não existe escolha possível a não ser não esquecermos de pegar nossos casacos e a mão um do outro. 

Cada expedição durará alguns meses, já são três confirmadas, o que nos garante estrada até novembro do ano que vem.

Não desejamos fazer turismo, nosso objetivo será sempre ficar meses em cada lugar, para realizar quadros realmente potentes. Queremos tempo suficiente para conhecer as pessoas, o clima, as cores, para retratá-los todos com honestidade.

Ele, pintor, criará grandes telas.

Ela, filmmaker, fotógrafa, escritora, relatará todos os momentos por aqui e pelo instagram (@brunopassosbr e @contofigueira).

Buscaremos o banal de cada lugar, o cotidiano e a peculiaridade de ser o que se é.

Confunde-se quem acha que estamos tomando uma decisão de não ter destino, de viver conforme o vento, pelo contrário, algo desta magnitude só é possível quando existe a junção intensa de dois fatores: Tesão e Seriedade. As duas coisas não nos faltam.

Estudamos noites a fio diariamente para manter nossos trabalhos sempre na máxima potência.

Queremos fazer quadros inesquecíveis e intensos, retratar a vida como se deve, em toda sua fantástica pequenez, nada de grandes feitos, somos senhores das miudezas, do café quente, da conversa com o vizinho, do barulho da chuva.

Se é possível garantir o sucesso quando seguimos rumo ao desconhecido? Gostaria de poder afirmar que sim.

Novos rumos exigem novas habilidades, o que posso garantir por nós dois é um trabalho intenso, feito na máxima potência. Geralmente Seriedade e Paixão são 2 características que não constumam deixar a gente na mão!

Gostaríamos de deixar um Muito Obrigado gigante a todos que acreditaram e que nos permitiram caminhar com potência, a todos que compartilharam nossos sonhos e que nos deram seus melhores travesseiros. Vocês são demais. A Conto é demais. Foi um prazer enorme.

Ano que vem grandes apostas serão feitas e é impossível perder. Temos um ao outro, temos tinta, tela e sorte.

A vida, cara, a vida ela é uma só. Seja sincero e aposte sempre, aposte alto, como se tudo dependesse disso, porque depende. Não ofenda sua existência sendo medíocre. Seja ruim! seja péssimo! Mas seja alguma coisa. Aposte! porque o ato de apostar já é ele mesmo o louro da vitória.

Desejo que você também tenha uma vida incrível! Se divirta, meu amigo, só se vive uma vez.

* * *

Mais do que nunca, acompanhem a Conto Figueira

Se você adora a modelagem da Conto, se adora nossos tecidos e criações, saiba que esta é uma oportunidade única de ter as camisas da Conto. Literalmente única.

Abaixamos o valor de todas as peças (descontos variam de 15 - 100 reais) e elas estão sumindo em tempo recorde. Esperamos que você aproveite-a bem. :)

Para ver todos os modelos disponíveis, clique aqui.

Sigam o Instagram da Conto, onde a partir de 2019 serão mostrados os relatos das expedições:

Link Instagram

Sigam também o Instagram do Bruno, onde vocês poderão acompanhar do início até a finalização de uma obra. Deixo um gostinho do que vem por aí neste vídeo:

Link Youtube

Esperamos retornar muito em breve, com nossos primeiros relatos deste desconhecido mundo novo. Nosso muito obrigado a todos vocês, foi um prazer vestí-los, informá-los e ajudá-los a parar de usar sapatênis.

Com carinho,

Camila e Bruno.


publicado em 07 de Dezembro de 2018, 11:15
Camilapdh jpg

Camila Simielli

Proprietária da marca masculina Conto Figueira.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: