De homem pra homem: como não passar vergonha nesse carnaval

Uma introdução ao nosso primeiro especial mensal de conteúdo.

Catuaba, suadeira, bate-tambor, marchinhas, beijo na boca e alegria pra todo lado. O carnaval é essa data maravilhosa na qual as pessoas põem pra fora suas fantasias e colorem as ruas com tudo o que há de melhor na vida. 

Ainda que um feriadão venha sempre a calhar e ter a perspectiva de ver o ano finalmente engrenando seja muito legal, nem tudo acontece às mil maravilhas. Sabemos que, entre um trio de latinhas de cerveja a 10 reais e outro, há aquelas pessoas que acabam abusando da boa vontade dos outros e acabam sendo bem chatos, quando não tornam uma cantada amigável em um caso de delegacia. 

Assim como há quem deliberadamente comete atos condenáveis, há muita gente que simplesmente não teve contato com outras visões, outras formas de abordar, de se fazer visto, de ser querido e aceito. Eu, particularmente, prefiro acreditar que essas últimas são a esmagadora maioria.

É um mundo enorme, há mil motivações para cada um fazer o que faz e nem sempre o que propomos é, com certeza absoluta, a melhor via. Ainda que sem soluções finais, há conversas que podemos abrir, sobre abuso de álcool, sobre saúde sexual, assédio, sobre como efetivamente se dar bem nos xavecos da vida, etc. 

Sente a felicidade carnavalesca

Ainda é um pouco cedo para falar, mas esse ano estamos com muitos planos para renovar o editorial do PdH, dando um novo fôlego pro site, tornando nossos textos mais úteis e, ao mesmo tempo menos descartáveis na avalanche de conteúdo que sabemos que você lê todos os dias.

Decidimos que uma das formas de gerar esse efeito era por meio de séries de conteúdo mensais, com começo, meio e fim. Assim, vimos que o Carnaval era uma ótima oportunidade pra falar sobre todos esses problemas citados ali em cima e sobre como participar das festas de maneira positiva.

Decidimos aproveitar o mês de fevereiro, então, pra lançar nossa primeira série mensal de conteúdo.

Fechamos o tema: "De homem pra homem: como não passar vergonha nesse carnaval".

Uma vez com o tema na mão, fomos convidados a falar no Mamilos (você pode conferir o episódio do podcast na íntegra aqui).

Ao longo do feriado, soltamos três textos que tenho o prazer de reunir aqui e, ao mesmo tempo, convidá-los a ler e pedir pra darem suas opiniões a respeito. Esse é apenas o primeiro e acho que há um enorme espaço para melhorias.

Então, com vocês, o nosso especial de carnaval:

De homem pra homem: como não passar vergonha nesse carnaval


publicado em 02 de Março de 2017, 17:07
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura