Abrimos as inscrições para o PAI 2021: Os desafios das paternidades atuais. Temos encontro marcado dias 02 e 03 de agosto. Você vem?

Fui comprar cigarro | Comediante Afonso Padilha faz documentário sobre abandono paterno

O sumiço do pai virou piada constante para o humorista. Então ele decidiu que estava na hora de buscar o homem que o abandonou.

Em seus shows de stand up, o comediante Afonso Padilha conta sobre ter sido criado pela mãe e como seu pai sumiu: foi comprar cigarro.

As piadas sobre o abandono paterno ficaram famosas. Quando anda pela rua, quem o reconhece grita: "Afonso, cadê seu pai?"

Em 2019 o comediante lançou o documentário "Fui comprar cigarro" dirigido por ele e por Rudge. No filme eles apresentam dados sobre abandono paterno e mostram a caminhada de Afonso em busca de seu  pai.

O documentário pode ser assistido na íntegra pelo YouTube:

 

Outro documentário que aborda o tema é o "Todos nós 5 milhões", criado por Alexandre Mortágua, filho do jogador Edmundo. No filme, além de apresentar os dados de brasileiros que nem sequer tem o nome do pai na certidão de nascimento, Mortágua também aborda a ausência paterna de forma geral.

O abando paterno é um tema muito presente na vida de milhões de brasileiros. Trazer esta realidade para as telas e aprofundar na consequências do abandono é peça chave para escancarar que este tipo de conduta paterna, apesar de frequente, não é "normal" ou aceitável.


publicado em 08 de Setembro de 2020, 10:48
Logo pdh png

Redação PdH

Mantemos nosso radar ligado para trazer a você notícias, conversas e ponderações que valham o seu tempo. Para mergulhar na toca do coelho e conhecer a visão editorial do PdH, venha por aqui.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura